câmbio:

DÓLAR R$ 3.1274 EURO R$ 3.7544

Tempo, natal:

23°C

Cotidiano

Ele não quer transar

17/05/2017

10:56

10 motivos pelos quais os homens perdem o desejo sexual

A falta de desejo do homem pode afetar a crença da mulher

Por Redação

Compartilhar } 4 Compartilhamentos

As desculpas femininas para escapar do sexo já viraram até piada ao longo dos anos. Entretanto, quando são eles que negam fogo, elas não acham nada engraçado. A boa notícia é que quase sempre a perda do desejo sexual nos homens não está ligada a parceira. Segundo Denise Miranda de Figueiredo, psicóloga, terapeuta de casais e cofundadora do Instituto do Casal, a falta de desejo do homem pode afetar a crença da mulher de que ela não é boa o suficiente.

“Ser rejeitada sexualmente é uma das piores coisas que pode acontecer para a mulher, porque mexe com o sistema de crenças sobre si mesma. Afeta a autoestima e a autoconfiança. Muitas podem pensar que o parceiro tem outra pessoa e por isso não as quer”, explica Denise. Mas, são diversos os motivos que podem levar o homem a evitar o sexo e a maioria não está ligada à parceira.

Veja abaixo as mais frequentes, segundo o Instituto do Casal:

Estresse e cansaço:
Um estudo publicado pela Sociedade Portuguesa de Sexologia Clínica, em 2013, revelou que os principais motivos que geram diminuição do desejo sexual nos homens são o cansaço e o estresse e isso afeta, principalmente, os homens entre 30 e 39 anos.

Doenças crônicas
“O diabetes e a pressão alta afetam diretamente o desejo sexual, pois levam à diminuição do calibre dos vasos sanguíneos. Com isso, o sangue circula com mais dificuldade. Consequentemente, afeta a ereção, já que para o pênis ficar ereto é necessária uma boa circulação sanguínea”, explica a psicóloga, sexóloga, terapeuta de casais e cofundadora do Instituto do Casal, Marina Simas de Lima.

Obesidade
Estar acima do peso impacta na autoimagem e pode, em alguns casos, devido ao excesso de pele e à gordura localizada, dar a impressão de que o pênis está escondido ou mais retraído, ou seja, existe a sensação do pênis ser visto como menor do que realmente é. Com isso, o homem pode “fugir” do sexo por se sentir constrangido.

Queda nos níveis da testosterona
A partir dos 40 anos, os homens podem apresentar queda dos níveis da testosterona, hormônio ligado ao desejo sexual.

Depressão
A depressão é uma das causas da queda do desejo sexual. Alguns medicamentos para tratar esta condição podem piorar este sintoma. O ideal é conversar com o médico psiquiatra para buscar medicações que não alterem a libido.

Disfunção erétil/Impotência sexual
Segundo o estudo Mosaico 2.0, cerca de 32% dos homens brasileiros apresentam dificuldades para manter a ereção. O problema tem diversas causas, desde uso de medicamentos, as doenças crônicas já citadas, como também causas psicológicas. “Com medo de falhar, o homem pode evitar o sexo, por mais que goste da parceira”, explica Marina.

Rotina
A rotina no relacionamento pode esfriar as coisas na cama, tanto para o homem quanto para a mulher. “Relacionamentos mais maduros, de muitos anos, tendem a deixar o sexo mais morno. É preciso investir no sexo para deixá-lo atraente. Um lugar novo, uma posição nova, um brinquedo erótico, uma lingerie. Tudo é válido”, recomendam as psicólogas.

Discussões e brigas em excesso
Não há tesão que aguente um relacionamento cheio de conflitos. Se não forem bem resolvidos podem gerar mágoas e ressentimentos que impactam no desejo sexual. “Nada de jogar a poeira para debaixo do tapete. O casal precisa resolver seus conflitos para evitar o distanciamento na cama”, comenta Marina.

Excesso de bebida alcoólica
O álcool, quando consumido em excesso e com frequência, pode levar à disfunção erétil/impotência sexual. O homem pode sentir mais dificuldade em ter ereções, mantê-las, assim como pode demorar mais tempo para ejacular.

Culpa
Homens que têm disfunção erétil/impotência sexual e não tratam podem se sentir culpados por não dar prazer à parceira. Com isso, acabam evitando o sexo. Mesmo homens que não apresentam disfunção erétil, podem se sentir culpados se a parceira reclama do sexo ou se ele sente que não a satisfaz.

Como solucionar?

“Os problemas de saúde devem ser avaliados e tratados por um médico. Quando falamos de problemas psicológicos, o ideal é que o homem ou até o casal procure ajuda de um psicólogo especialista em sexualidade para endereçar essas questões e resolvê-las. O sexo é bom e faz muito bem para a saúde, sendo um dos pilares da qualidade de vida e de um casamento satisfatório”, concluem as psicólogas.

Compartilhar } 4 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.