• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    28ºc

Economia

Fim de Ano

83% dos consumidores pretendem comprar presentes no Natal

Destes, 75% pretendem gastar menos em relação a 2016

Por Redação

18 de dezembro de 2017 | 16:12

Oitenta e três por cento dos consumidores entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua tradicional pesquisa online sobre a intenção de compra para o Natal e Fim de Ano, declararam que irão comprar presentes para esta data. No entanto, destes, 75% pretendem gastar menos em relação a 2016, quando 79% tinham esta pretensão. Outros 16% irão gastar a mesma quantia, enquanto 9% um valor superior. Em 2016 80% dos respondentes afirmaram que pretendiam presentear alguém no Natal e em 2015, 81%.

Dentre esses consumidores, 71% comprarão presentes para até quatro pessoas com ticket médio de R$ 52,86, um crescimento de 2,8% no valor pretendido contra 6,4% registrados em 2016, quando o valor médio gasto foi de R$ 51,40. A maior parte das compras será em lojas de departamentos e centros comerciais, com 37% das menções. Os demais consumidores irão se dividir entre as lojas de rua (34%) e as lojas de shoppings (29%). 

71% dos consumidores irão pagar à vista. O principal meio de pagamento será o dinheiro com 44% das menções, seguido por 33% para cartão de débito. Os outros 29% dos consumidores pagarão a maior parte de suas compras de forma parcelada, sendo o cartão de crédito o meio de pagamento a ser utilizado por 91% deles.

Para os 17% que não irão comprar presentes no Natal, os principais motivos apontados são o desemprego (25%) e o endividamento (19%). Outros fatores que apresentaram crescimento em relação ao ano passado foram: contenção de despesas (de 5% para 15%), não comemorar a data (de 5% para 14%) e o aumento dos preços/juros/inflação (de 1% para 7%).

Ceia de Natal

Ainda de acordo com a pesquisa da Boa Vista, 51% dos consumidores informaram que a ceia de Natal em 2017 terá a mesma cesta de bens que a do ano anterior, e para outros 33% ela será reduzida. Já para 16%, a ceia de Natal deste ano será mais farta, contra os 11% de consumidores que disseram o mesmo no ano passado.

Comprometimento da renda

De um modo geral, 60% dos consumidores não querem gastar mais do que R$ 500 considerando todas as compras que precisam fazer para Natal e Fim de Ano, como as de alimentos, presentes, viagens. Destes, 32% pretendem gastar até R$ 300,00 e outros 28% entre R$ 301,00 a R$ 500,00. O valor médio total pretendido será de R$ 461,63. Para 58% dos consumidores este valor médio total não deverá atingir 25% da renda familiar disponível para as compras.

Compras pela Internet e fraudes eletrônicas

Comparado ao ano passado, passou de 20% para 25% o total de consumidores que realizarão suas compras de Natal e Fim de Ano pela Internet. Destes, 41% sentem-se muito seguros em realizar este tipo de transação. Também subiu de 31% para 46% o total dos que acreditam ser baixa ou nenhuma a probabilidade de ocorrer uma fraude (em 2015 este percentual representava 22% dos respondentes).

RECOMENDAMOS

SÃO 48 ATRAÇÕES

Fest Bossa & Jazz de Pipa já começou

EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Especialista mostra como diminuir dívidas no fim de ano

CERIMÔNIA

Reforma do Centro de Convenções será entregue amanhã

XENOFOBIA

Miss americana critica rival do Camboja

EVENTO GRATUITO

Halleluya começa hoje com show de Rosa de Saron

INVESTIGAÇÃO

'Milícia matou Marielle pela ocupação de terras'

ESTRELA INTERNACIONAL

Nanda Costa vai atuar com Milla Jovovich em 'Monster"

PREVISÃO DA CNI

Economia crescerá 2,7% e indústria terá expansão de 3%

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL