• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    27ºc
HUMANIZAÇÃO

Ala feminina do Complexo Penal João Chaves recebe a Corregedoria nesta terça

Necessidade de revisar as condições carcerárias ficou mais evidente após visita do CNJ

Por Geraldo Miranda

12 de março de 2018 | 13:36

A Corregedoria Geral de Justiça fará nesta terça-feira (13), às 9h, uma visita a ala feminina do Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal, para colher informações visando implementar maior humanização nos estabelecimentos penitenciários, com foco nas mulheres encarceradas, em especial as gestantes e lactantes.

A necessidade de revisar as condições carcerárias das mulheres no Rio Grande do Norte tornou-se mais evidente após a realização de inspeção do Conselho Nacional de Justiça, realizada neste ano, que constatou a ausência de adaptações e especificidades nos sistemas carcerários femininos do estado, o qual é considerado um dos mais “masculinizados” do país, conforme relatado pelo CNJ.

Em razão disso, a Corregedoria tem buscado trabalhar de forma integrada com o programa Novos Rumos na Execução Penal e com as Varas de Infância e Juventude para dar melhores condições de assistência às gestantes e aos filhos de mulheres encarceradas.

O juiz corregedor Fábio Ataíde aponta que a visita ao Complexo Penal “busca fazer uma aproximação com essa parte da população carcerária, trazendo maior humanização e diminuindo a sensação de abandono causada pela omissão do poder público”.

O magistrado destacou ainda a publicação do Provimento nº 173/2018 pela Corregedoria, que trata da mulher na condição de vítima e da assistência à mulher submetida ao sistema penal, sendo esta mais uma medida para garantir esses direitos.

RECOMENDAMOS

JUSTIÇA ELEITORAL

Aplicativo registra 10 mil reclamações eleitorais

ALCKMIN SOBRE BOLSONARO

Candidaturas folclóricas não resistem ao 2º turno

AJUSTES

MPE manda São José de Mipibu adequar transparência

PARNAMIRIM

Fórum de Educação foca em alunos com microcefalia

FISCO

Cerveja Proibida é investigada por fraude de R$ 100 mi

INVESTIGAÇÃO

PF instaura 2º inquérito para apurar ataque a Bolsonaro

ESTUDOS

ENEM: Cinco maneiras de se preparar para a prova

"ME SINTO MAL"

Marília Mendonça recebe ameaças após campanha 'Ele Não'

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL