câmbio:

DÓLAR R$ 3.7671 EURO R$ 4.3691

Tempo, natal:

23°C

Política

DEBATE NA TV

10/08/2018

06:48

Alckmin propõe parceria com Estados para segurança pública

Ex-governador paulista reafirmou que é necessária parceria entre o governo federal e os Estados

Por Estadão Conteúdo

Foto: Humberto Souza

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

No debate presidencial da Band na noite desta quinta-feira, 9, os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) divergiram em relação ao tema da segurança pública.

O ex-governador paulista reafirmou que, para resolver o problema do aumento da violência no País, é necessária parceria entre o governo federal e os Estados, bem como com outras nações. “Nós vamos trabalhar juntos no grande desafio latino-americano, que é a segurança”, afirmou o tucano, que defendeu ainda que a Polícia Federal seja ampliada.

Para Alckmin, será necessário levar a todo o País o programa Recomeço, do governo paulista, que trata do dependente químico. Ele afirmou também que, entre os jovens, são os de menor escolaridade que são as maiores vítimas do uso de drogas.

Para Bolsonaro, no entanto, o problema da segurança pública de deve a “uma equivocada política de direitos humanos”. “Nós temos de agir firmemente”, disse.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.