câmbio:

DÓLAR R$ 3.6784 EURO R$ 4.3424

Tempo, natal:

24°C

Geral

Fim de greve

14/03/2018

12:31

Bancos retomam atendimento com longas filas e reclamações

Tumulto, calor e pouca paciência de atendentes e clientes no retorno após greve dos vigilantes

Por Geraldo Miranda

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

Longas filas e reclamações puderam ser vistas nas agências bancárias em Natal nesta quarta-feira, 14, após o fim da greve dos vigilantes que durou 16 dias. Histórias dos correntistas se parecem e se misturam em meio ao tumulto, calor e pouca paciência por parte dos atendentes.

Uma destas pessoas é a aposentada Iracema de Araújo, que tenta receber sua aposentadoria há exatos 15 dias. Ela recebeu a carta de notificação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas não teve como sacar a aposentadoria referente a dois salários mínimos para sustentar a casa na qual ela vive com dois netos pequenos.

“Foi um verdadeiro calvário para eu poder receber meu aposento. Recebi a notificação em casa e fui até o INSS para me recadastrar e depois a greve começou. Passei 15 dias de aperto em casa e as contas acumulando. Agora quem irá pagar pelos juros que foram gerados em minhas contas? Porque o banco tá cobrando e eu estive de pés e mãos atadas durante a parada dos vigilantes”, comentou a aposentada.

Enquanto a aposentada contava sua história cerca de 20 pessoas chegavam e o sentimento era o mesmo: revolta e desapontamento em ter que encarar uma longa fila de triagem, para depois ir até o caixa para fazer uma operação bancária.

Uma destas pessoas é o comerciante Marcelo Correa, que tenta recuperar o tempo perdido e negociar umas duplicatas para diminuir o valor dos juros, mas sem sucesso. Ele totalizou R$ 4 mil em juros em atrasos ocasionados pela greve dos vigilantes.

“Tentei renegociar as faturas junto aos meus fornecedores. Eu expliquei o motivo da falta de pagamento, mas infelizmente terei que arcar com os valores. Nesta hora eu quero saber onde estão os nossos direitos, pois eu não tenho culpa nenhuma. Sou cliente e pago minhas contas em dia. Agora tenho que pagar a mais pelo descaso alheio”, desabafou o comerciante.

Mas também encontramos o alívio daqueles que conseguiram sacar o pagamento e arcar com custos mensais. Uma destas pessoas foi a auxiliar de serviços gerais, Maria Luiza Ferreira, que aguardava para sacar o cheque de sua empresa e pagar as contas de casa.

“Dá um alívio receber depois de tanto tempo esperando. Cheguei logo cedo aqui no banco já para não demorar muito na fila. E depois de esperar algumas horas consegui pegar o meu dinheiro. Agora irei pagar as contas e se sobrar um trocado fazer a alegria da turma em casa”, comentou a auxiliar.

A reportagem do Portalnoar.com.br tentou o contato com as gerências do Banco do Brasil, Bradesco e Itaú para saber a expectativa de pessoas a serem atendidas no dia, mas ambos os setores não quiseram falar com a reportagem.

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.