• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    27ºc
NOVO SISTEMA

Baraúna e comunidades rurais recebem abastecimento de água

Obra vai levar água a mais de 16 mil habitantes aos moradores da região

Nesta terça-feira (3), o governador Robinson Faria entregou ao município de Baraúna e às comunidades de Juremal, Campestre, Vertentes e Assentamento Primavera, o Sistema de Abastecimento de Água, obra esperada há mais de 40 anos que vai levar água a mais de 16 mil habitantes, numa rede de abastecimento que soma 24,7 km de extensão.

“É com muita felicidade que hoje entregamos vida, porque água é vida. Uma promessa de mais de 40 anos que hoje Baraúna e todas essas comunidades receberão”, destacou o governador.

O investimento da obra – por meio do Governo Cidadão, via Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial – foi de R$ 4,5 milhões, visando acima de tudo, diminuir as desigualdades regionais e a inclusão produtiva.

“Levar água é levar dignidade, saúde, melhoria em todos os sentidos. É com essas metas que o Governo Cidadão trabalha e por meio delas que pretende melhorar a vida dessas e de outras milhares de pessoas”, completou o coordenador do Governo Cidadão, Vagner Araújo.

Como resultado, esta obra, que ainda gerou 18 empregos diretos e indiretos, levará água, somente na Zona Rural a 1.025 residências, favorecendo a vida de cerca de 6 mil pessoas.

Uma delas é a senhora Maria de Lima Oliveira, dona de casa, que há 30 anos mora em Juremal e nunca teve água regular em suas torneiras, e que agora comemora esse grande momento em sua vida, já que – como ela mesmo disse – sofria com a falta d’água porque dependia da compra a carros pipas.

“Nem sempre tinha R$ 60 ou R$ 70 reais para comprar água do carro-pipa e graças à Deus e ao governador Robinson Faria, nós temos água agora. Nem acreditei quando meu marido me acordou cedinho, e chorando me disse que a água, que estava chegando em casa, era tão forte que estava com medo da vazão. Nossa família e comunidade agora é só felicidade, tanto que estou feliz em ter até a conta de água para pagar”, disse Dona Maria Lima de Oliveira, entre sorrisos e lágrimas de alegria.

Estrada do Melão

Em Baraúna também foi iniciada a obra de recuperação estrutural, drenagem e sinalização Estrada do Melão III. A obra visa o equilíbrio regional, a começar pela dinamização da economia local, permitindo circulação de pessoas e de mercadorias, melhorando a mobilidade viária para a população local e viabilizando o turismo.

O governador Robinson Faria visitou, na manhã desta terça-feira (3), a obra de recuperação estrutural, drenagem e sinalização da RN 015, conhecida como estrada do Melão, que visando o equilíbrio regional, a começar pela dinamização da economia local, permitindo circulação de pessoas e de mercadorias, além de melhorar a mobilidade viária para toda a população local e viabilizar o turismo, foi iniciada a partir do investimento de R$ 16 milhões, por meio do Governo Cidadão, via Banco Mundial.

Essa obra está sendo concebida diante da necessidade de um sistema de estradas que interligue as áreas a serem beneficiadas com as intervenções governamentais estratégicas, uma vez que importantes atividades econômicas passam pela RN 015, como a exploração do caju e da castanha.

“É com muita alegria que damos início a esta obra. Obra essa que vai complementar um importante roteiro econômico de escoação dos produtos locais – que vai desde a exploração do sal até a cadeia produtiva do caju – além de melhorar a mobilidade viária para toda a população local, uma vez que liga Baraúna à BR-437, no trecho identificado como Estrada do Cajueiro, numa extensão de 19km”, ressaltou o Governador durante a visita.

Em fase de licenciamento de jazidas, a obra mesmo em seu início, já enche a população de esperança, com ânsia para que maio de 2019 – data em que será entregue a obra – chegue com rapidez.

“Além de todos esses grandes benefícios que já sabemos, a Estrada do Melão III vai fomentar ainda a produção de dez assentamentos na região, viabilizando o aumento das exportações e o incremento em torno de 20% das áreas cultivadas, promovendo também a economia, já que as mercadorias serão transportadas com mais agilidade e menor custo”, finalizou Vagner Araújo, coordenador do Governo Cidadão.

RECOMENDAMOS

SAÚDE

Brasil tem 2.192 casos de sarampo confirmados

FAKE NEWS

WhatsApp: Pesquisa constata só 8% de imagens autênticas

QUEBRA DE PROTOCOLO?

Meghan Markle segura guarda-chuva para Harry

DERRUBADO

Veto a piso salarial de agentes de saúde é derrubado

SORTE GRANDE

Loteria dos EUA está acumulada em US$ 900 milhões

CONHECIMENTO

CRC lança Olimpíada de Contabilidade para estudantes

ELEIÇÕES 2018

MPE vai investigar ameaças em grupo de WhatsApp

ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro admite não ir a debates por 'estratégia'

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL