Política 21/09/2017 20:25

Por favor, chamem o coronel

Por augustofontenele

Compartilhar } 6 Compartilhamentos

“Vou falar com o coronel do Exército”.
Ameaçava o homem após horas sem ser atendido numa repartição pública.

Era meados dos anos 80, a ditadura já acabara há uns dois anos, embora já viesse definhando há bem mais tempo.

Ninguém deu muita importância à ameaça do homem, um trabalhador rural. Os militares já não mais estavam com poder para mudar alguma coisa naquele momento.

Na época, muito jovem, pensei que o homem havia citado os militares pela falta de informação ou pela dificuldade de assimilar os novos tempos.

Não pensei que se valer do coronel, uma autoridade superior, era a única forma que ele imaginava ter para garantir seus direitos diante daquela burocracia poderosa e nada eficiente.

Lembro desse episódio quando vejo um grande número de pessoas defendendo a intervenção militar. Porque os sentimentos talvez sejam os mesmos daquele trabalhador, acuado e impotente perante uma realidade perversa e da qual ele não tem nenhum controle.

Em nome, principalmente, da corrupção tiraram uma presidente e um partido do poder. Agora, os substitutos, que assumiram em nome da moralidade, também são investigados e acusados por um sistema judiciário que se mostra incapaz de tirá-los do poder.

Assim, independentemente de ideologia, de ser ou não a favor do militarismo, os defensores da intervenção querem alguém com autoridade, de um general ou algo do gênero, “que tire essa corja do poder e prenda todos os corruptos, seja de que partido seja”, como não se cansa de afirmar um conhecido meu.

Talvez já tenha passado da hora de nossas autoridades, em nome da manutenção da democracia e de suas instituições, ou até da sua própria sobrevivência, ligarem o alerta e começarem a prestar atenção no que acontece à sua volta.

A História não se cansa de mostrar que situações assim costumam não terminar muito bem.

Compartilhar } 6 Compartilhamentos
Augusto Fontenele

Biografia Augusto Fontenele é jornalista, escritor e fotógrafo.

Descrição O blog trata de política, economia e sociedade.

todos os blogs

mais lidas