Opinião 04/10/2017 18:26

Não é porque são héteros

Por admin

Em outros tempos, minha irmã, ainda adolescente, saía com as amigas, abraçada ou de mãos dadas, passeando, brincando, sem que ninguém desse conta ou achasse algo demais nisso.

Agora, mãe e filha abraçadas foram agredidas fisicamente porque pareciam lésbicas.

Isso ocorreu em Brasília, em um shopping. A mesma cidade em que um dia eu ri com um amigo, com o qual fui assistir um filme, também num shopping, por ele contar-me que, em Nova York, ir para um cinema com outro homem era tido como encontro gay.

Ri na época porque imaginei que o maior perigo que corria era ter minha imagem de heterossexual abalada.

Não sei se hoje eu acharia graça ou ficaria com medo de ser agredido ao sair com o meu amigo do cinema.

Tempos estranhos estes em que parecer gay pode trazer mais perigos do que afetar o orgulho masculino.

Tempos estranhos estes em que abraçar pode custar a vida, como a de um rapaz que foi confundido com um gay na Bahia, em 2012, ao sair abraçado com o irmão gêmeo.

Não. Os tempos são os mesmo, ainda que estranhos. Ser homossexual sempre foi perigoso. Gays sempre foram vítimas de agressões verbais e físicas, desde a época de escola. Em alguns casos, chegaram a morrer por isso.

Talvez as agressões tenham ficado mais exacerbadas ou a comunidade homossexual esteja mais exposta, deixando os guetos a que sempre estiveram confinada. Não importa.

Temos que ter cuidado com nossa indignação. Que não ocorra somente porque estamos vendo héteros sendo atingidos por engano.

Temos que nos indignar porque pessoas estão sendo agredidas. Não faz diferença se são mãe e filha, irmãos, amigos, companheiros, amantes, ou de que sexo sejam.

Andar abraçado, expressar carinho publicamente, nunca deveria ser motivo para agressão.

Às vezes tendo, inadvertidamente, a pensar que no tempo que minha irmã saía abraçada com as amigas era uma época mais leve, mais inocente. Mas, não. A verdade é que nunca fomos tão inocentes. Longe disso.

Augusto Fontenele

Biografia Augusto Fontenele é jornalista, escritor e fotógrafo.

Descrição O blog trata de política, economia e sociedade.

todos os blogs

mais lidas