• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    28ºc

Brasil e Mundo

SISTEMA PENITENCIÁRIO

Brasil vai investir R$ 90 milhões na identificação de presos

Recursos serão para cadastro biométrico e emissão de documentos

Por redação

12 de outubro de 2018 | 07:50

O Ministério da Segurança Pública vai investir R$ 90 milhões para realizar, até o ano que vem, o cadastro biométrico dos 726 mil presos do sistema carcerário nacional. O valor, oriundo do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), também será utilizado para aprimorar a aplicação de penas alternativas e o monitoramento eletrônico no País.

O anúncio foi feito nesta semana pelo ministro da segurança Pública, Raul Jungmann, à plenária do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Além do cadastro biométrico, a medida também deve permitir a emissão de documentos de identificação aos presos, como carteiras de identidade e CPF.

A ação será viabilizada por um acordo de cooperação firmado entre os ministérios da Segurança Pública e Direitos Humanos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

RECOMENDAMOS

SAÚDE

Entenda a ação e consequência dos açúcares no corpo

CAMPANHA

Arrecadação para Natal sem Fome segue no Natal Shopping

HONRARIA

Diretora do CEI Romualdo será homenageada na ALRN

ÁLVARO DIAS

'Natal em Natal será um dos maiores eventos do NE'

ATREVIDA!

Meghan Markle quebra novos protocolos

OPERAÇÃO ROSS

Agripino esclarece doações de empresas ao Democratas

BABADO NOVO!

Claudia Leitte será atração máxima do Natal em Natal

DESCONTENTAMENTO

Quiosqueiros são impedidos de oferecer banho

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL