• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    27ºc
ASSÉDIO SEXUAL

Campanha contra assédio sexual nos transportes chega à zona Leste de Natal

Passageiros e passageiras serão abordados para receber material educativo a respeito do tema

Por Redação

21 de março de 2018 | 13:51

Nesta quinta-feira (22) acontecerá mais uma ação da campanha “Não dê passagem ao assédio sexual. Mulher não se cale” – contra o assédio sexual nos transportes públicos de Natal. A partir das 16h, as equipes estarão no cruzamento entre as avenidas Bernardo Vieira e Hermes da Fonseca, Avenida Rio Branco, Praça Pedro Velho e Hospital Onofre Lopes.

Passageiros e passageiras serão abordados para receber material educativo a respeito do tema e as mulheres, especialmente, serão alertadas sobre a necessidade de denunciar o crime. A equipe de teatro da STTU também apresentará uma performance montada especialmente para a ação, para chamar atenção da população.

A campanha começou no dia 08 de março – Dia Internacional da Mulher – e já esteve presente nas zonas Sul e Norte de Natal nas duas primeiras semanas do mês. Depois da zona Leste, o trabalho será concluído na zona Oeste, na quinta-feira (28), na rodoviária da Cidade da Esperança e em paradas de ônibus na Avenida Felizardo Moura.

Além das ações de abordagem aos usuários nos pontos de ônibus, a campanha “Não dê passagem ao assédio sexual. Mulher não se cale” também conta com cartazes no interior dos ônibus e anúncios através de busdoor e frases de efeito nos luminosos da STTU, chamando atenção para o enfrentamento ao assédio sexual nos transportes públicos. A campanha também estará presente nas redes sociais com a hashtag #Natalcontraoassedio.

“Queremos mobilizar a sociedade para coibir essa violência contra a mulher, que costuma ser silenciosa e constranger as usuárias dos transportes públicos todos os dias. As mulheres precisam denunciar e os homens, respeitar”, pondera Andréa Ramalho Alves, secretária municipal de políticas públicas para as mulheres.

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SEMUL) em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Secretaria Municipal de Planejamento (SEMPLA), Secretaria Municipal de Comunicação Social (SECOM), Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (SEMDES) e o Gabinete do Prefeito (GAPRE). A iniciativa conta ainda com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM).

O assédio é entendido como uma contravenção penal, e assim o sendo, é um crime. Alguns casos de assédio/importunação ofensivas se configuram como estupros e são tratados pela lei desta forma.

Pesquisa mensura assédio sexual em Natal

Pela primeira vez no Rio Grande do Norte foi realizada uma pesquisa com o objetivo de mensurar os dados que dizem respeito ao assédio sexual nos transportes públicos. Os resultados embasaram a campanha “Não dê passagem ao assédio sexual. Mulher não se cale” e deve servir de fundamento para outras ações neste sentido.

Foi ouvida uma amostragem de 800 mulheres em pontos de ônibus localizados nas quatro regiões administrativas de Natal: norte, sul, leste e oeste, nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2018.

Mais de dois terços das entrevistadas (67,24%) afirmaram já ter presenciado algum tipo de assédio sexual em transportes coletivos na cidade do Natal; 30,63% responderam que não presenciaram e 2,13% não souberam ou não quiseram responder. As entrevistadas na região norte da cidade foram as que mais presenciaram assédio sexual em transporte coletivo (82,52%), seguidas pelas entrevistadas na região leste (68,52%), sul (65,52%) e oeste (52,52%). As entrevistadas da cor preta foram as que mais presenciaram, com o equivalente a 76% do total.

Os tipos de assédio sexual mais testemunhados foram as “encoxadas propositais” (61,34%), seguidas por “olhares inconvenientes” (45,35%), “cantadas inconvenientes” (39,78%), “toque em alguma parte do corpo” (35,50%), “sussurros indecorosos (indecentes)” (18,77%) e “gestos obscenos (tocar genitália/ masturbação)” (11,15%).

RECOMENDAMOS

AVALIAÇÃO

Temer afirma que seu governo tirou o Brasil da crise

MÃE DOS IF's

Rosalba desmente Fátima sobre autoria da vinda de IFRNs

VÍDEO

Touros: Motorista não estava roubando diesel de ônibus

BENEFÍCIO

Nascidos em outubro podem sacar abono do PIS de 2017

CLIMÃO!

Marina Ruy proíbe colega de chegar perto de seu marido

APOIO ALVIRRUBRO

América vende ingressos para jogo do Nordestão Sub-20

ELEIÇÕES 2018

Após críticas, Cid Gomes grava vídeo em apoio a Haddad

FINANÇAS

Um terço dos clientes ignora valor da fatura do cartão

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL