câmbio:

DÓLAR R$ 3.1457 EURO R$ 3.6655

Tempo, natal:

26°C

Geral

13º PM Morto

04/07/2017

12:12

Polícia Militar já identificou os suspeitos de matar soldado Noberto

Comandante do 9º batalhão, onde o soldado era lotado, promete captura em breve

Por Geraldo Miranda

Compartilhar } 22 Compartilhamentos

A Polícia Militar já tem conhecimento de quem matou o soldado Noberto de Souza Câmara, 39 anos, nessa segunda-feira (3).  Foi o que garantiu o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, major Correia Lima, ao portalnoar.com. O oficial informou que os “suspeitos” já foram identificados e para “não atrapalhar as investigações” não serão informados os nomes. No entanto, Correia Lima acrescentou que “em breve” os assassinos do soldado serão pegos.

“Nós estamos no encalço dos acusados e já temos nomes, porém não irei divulga-los, para não atrapalhar nas investigações. Em breve, teremos novidades sobre esta situação”, foram as palavras do major.

O soldado Noberto era lotado no 9º Batalhão, responsável pelo policiamento da zona Oeste de Natal, onde foi morto, no bairro das Quintas, com um tiro na cabeça e mais oito disparos nas costas.

Ao ser questionado sobre a sindicância aberta contra a vítima por suspeita de desvio de conduta, em virtude do policial ser suspeito de tentar comercializar aparelho celular e facilitar fuga de um preso que estava no Hospital Walfredo Gurgel, Correia Lima limitou-se a dizer que: “Não sei informar, pois só tenho dois meses à frente do 9º batalhão”.

Noberto Câmara tinha sete anos de corporação e deixou esposa e um filho de quatro anos. Ele foi o 13º policial militar assassinado este ano no RN, de acordo com a Associação de Cabos e Soldados da PM do Rio Grande do Norte.

 

 

Compartilhar } 22 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.