câmbio:

DÓLAR R$ 3.6784 EURO R$ 4.3424

Tempo, natal:

26°C

Geral

EXCLUSIVO

01/06/2018

16:09

Coordenadora do Sinte é acusada de emprestar dinheiro a juros ao próprio sindicato

Denúncia acontece às vésperas da eleição do órgão, na qual professora busca reeleição

Por Ayrton Freire

Fátima Cardoso disputa no dia 11 ais uma eleição (Foto: Alberto Leandro/Portal No Ar)

Compartilhar } 67 Compartilhamentos

Coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte), Fátima Cardoso é acusada de emprestar dinheiro a juros ao próprio sindicato. A denúncia feita ao PORTAL NO AR acontece às vésperas da eleição do órgão, que está marcada para o próximo dia 11, e na qual a professora busca se reeleger.

Luciana Lima, candidata de oposição a Fátima Cardoso, apresentou à reportagem recibos nos quais a atual coordenadora é ressarcida com, conforme dito na escritura registrada no 6º Ofício de Notas de Natal, “pgto. Empréstimo a Mª de Fátima Oliveira Cardoso (com juros de 7%)”. Nesse documento consta o valor de R$ 2.737,26.

recibo

Em outro recibo, Fátima Cardoso atesta que recebeu R$ 350 também por pagamento de empréstimo. As transações ocorreram em 1995. “Emprestar dinheiro ao sindicato que ela coordena e ser ressarcida com juros não condiz com atitude de sindicalista, e se isso ocorreu em ‘95’ pode estar ocorrendo ainda”, comentou Luciana Lima.

Luciana Lima e Fernando

Luciana Lima e Fernando Soares apresentam documentos

A candidata ainda apresentou cinco recibos datados de 1994 e 1995 nos quais o pai de Fátima Cardoso, Raimundo Nonato de Oliveira, atesta que recebeu dinheiro como quitação de empréstimo também sob juros de 7%. A atual coordenadora era tesoureira do sindicato na época.

A denúncia foi apresentada pelos oposicionistas a Fátima Cardoso com a justificativa de que, conforme dito por Fernando Soares, que integra a chapa de oposição, “mostrar um dos erros praticados pelos mais de 30 anos de gestão desse grupo”.

Fernando Soares, o Nando, criticou a forma como a atual coordenação gere o órgão. “Somos o maior sindicato do RN e quase ninguém sabe das eleições. Isso porque eles dificultam as informações. A gente não sabe onde vão ficar as urnas nem temos a lista com os 33 mil aptos ao voto”, afirmou.

A reportagem tentou entrar em contato com Fátima Cardoso, mas as ligações não foram atendidas ou retornadas. O PORTAL NO AR está disponibilizando o telefone 2020-1200 para uma resposta da sindicalista.

Compartilhar } 67 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.