Política

RELATÓRIO

Fátima defende tornar Fundeb constitucional

PEC 24/2017 também prevê recursos da exploração do petróleo e gás natural

Por Redação

5 de dezembro de 2018 | 16:39

A senadora e governadora eleita pelo RN, Fátima Bezerra (PT), apresentou, nesta quarta-feira, seu relatório favorável à PEC 24/2017, de autoria da senadora Lídice da Mata, que torna o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) permanente. “A PEC 24/2017, além de inserir o Fundeb no corpo permanente do texto constitucional, transformando o fundo em um instrumento permanente de financiamento da educação básica, propõe aperfeiçoamentos importantes, como a inclusão, entre suas fontes de receitas, de recursos provenientes da participação no resultado ou da compensação financeira pela exploração de petróleo e gás natural”, explicou.

O texto apresentado garante um aumento gradual, em seis anos, da complementação federal aos fundos, de 10% para 50% da participação financeira dos entes subnacionais. Além disso, determina que a União complemente, com recursos adicionais, o valor do piso salarial nacional para os profissionais do magistério público, nos casos em que o ente federado não tenha disponibilidade orçamentária para cumprir o valor fixado.

A PEC 24/2017 insere também, no âmbito do Fundeb, a implementação do Custo Aluno Qualidade – uma reivindicação de entidades históricas do campo educacional que busca elevar a qualidade da educação básica através da definição de custo por aluno baseado em critérios de qualidade e de custo real das diversas etapas e modalidades da educação básica. “Lamento que a intervenção federal no Rio de Janeiro tenha impossibilitado a tramitação de emendas constitucionais impedindo que PEC fosse aprovada. Na condição de governadora eleita, em parceria com o Congresso Nacional, vou lutar para que esse debate seja feito na próxima legislatura”, declarou.

Fátima destacou ainda que a proposta está em plena sintonia com as metas e estratégias inscritas no Plano Nacional de Educação, que prevê, por exemplo, a ampliação da oferta de educação infantil em creches e pré-escolas; a valorização dos profissionais do magistério público da educação básica; a expansão da oferta de educação em tempo integral e o investimento de 10% do PIB em educação. “Quero aqui, ao anunciar meu parecer favorável à PEC 24/2017, homenagear todas as entidades que compõem o Fórum Nacional Popular de Educação, pelo papel que essas entidades vêm desempenhando na mobilização da sociedade em defesa da educação pública e na luta contra os retrocessos em cursos no âmbito das políticas educacionais”, concluiu.

Fundeb

O Fundeb foi criado em 2006, no Governo Lula, substituindo o Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) e garantiu a liberação de recursos da creche ao ensino médio ao invés de, apenas o ensino fundamental como previa o Fundef.

No ano passado, as senadoras Fátima e Lídice realizaram seminários nos estados, para ouvir a opinião de entidades históricas do campo educacional e de especialistas sobre o tema. Foram realizadas cinco audiências públicas para ouvir estudantes, trabalhadores em educação, gestores e especialistas na área, em Brasília (12/09), Salvador (28/09), Porto Alegre (26/10), Aracaju (30/11) e Belo Horizonte (04/12) em 2017.

RECOMENDAMOS

SENTENÇA MAIS RÍGIDA

Justiça aumenta pena de líderes de tráfico no nordeste

PREVIDÊNCIA

Reforma vai piorar vida dos mais pobres, diz Fátima

PESQUISA

Confiança do empresário está acima da média histórica

ANÁLISE CLIMÁTICA

Reunião define previsão do tempo para o Nordeste

OPERAÇÃO FLAK

PF deflagra ação para desmanchar organização criminosa

RESPONSABILIDADE

Clero: Papa pede medidas para erradicar crimes sexuais

INAPTOS

Receita Federal invalida CNPJ de 3,3 mi de empresas

REFORMA

Na TV, Bolsonaro diz que nova Previdência será justa

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL