câmbio:

DÓLAR R$ 3.3420 EURO R$ 3.7409

Tempo, natal:

23°C

Cidades

SISTEMA PRISIONAL

20/03/2017

14:40

Estado redobra atenção nas ruas; agentes penitenciários alertam para rebeliões generalizadas

Operação em Alcaçuz agrega facções rivais em mesmo prédio e tensão se eleva.

Por Dinarte Assunção

Compartilhar } 5 Compartilhamentos

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) redobrou a atenção nas ruas nesta segunda-feira, quando uma operação coordenada pelo Departamento Penitenciário Nacional alojou em um mesmo pavilhão de Alcaçuz presos de facções rivais.

Quando o Estado investe contra a organização das facções tem sido corriqueira que elas revidem contra a sociedade, articulando atentados no sistema público de transporte e depredando equipamentos públicos.

A Sesed informa que não há razão para pânico na população. A Secretaria informa que instalou Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e está monitorando Alcaçuz por várias vias, inclusive com a Plataforma de Observação Elevada (POE) no local.

Ao mesmo tempo, com atenção total nas ruas, o órgão diz que a segurança da população não está em risco.

Contraponto

Para o Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp), contudo, a ação desta segunda é considerada de “altíssimo risco”. Em carta encaminhada ao governador Robinson Faria eles pontuaram sua preocupação.

“É importante advertir para o que poderá ocorrer em outras unidades prisionais do Estado. É do conhecimento de todos que todas as demais unidades do Estado estão em condições de vulnerabilidade, sem estrutura, sem pessoal e efetivo suficiente e todas estão com superlotação de presos”, diz o texto.

Além de reclamar que os órgãos vinculados à administração penitenciária não têm participado das ações desta segunda, os agentes alertam que “além da probabilidade de uma nova onda de rebeliões tal qual aconteceu em março de 2015, e ainda de outros atentados conforme ocorreu em janeiro desse ano, o que mais nos preocupa é a vidas dos nossos servidores que já estão em constante perigo, visto que esse é o nosso bem mais precioso”.

Compartilhar } 5 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.