Eleições 08/10/2018 10:09

Nunca houve virada no segundo turno

Com Jair Bolsonaro e Fernando Haddad indo para o segundo turno nas eleições 2018, a decisão de uma eleição presidencial no Brasil vai ser decidida numa nova votação pela sexta vez desde que o mecanismo foi instituído, a partir de 1989.

Com Jair Bolsonaro e Fernando Haddad indo para o segundo turno nas eleições 2018, a decisão de uma eleição presidencial no Brasil vai ser decidida numa nova votação pela sexta vez desde que o mecanismo foi instituído, a partir de 1989.

Nas outras cinco vezes, o segundo colocado não conseguiu virar o jogo e o candidato vencedor do 1º turno confirmou a vitória no segundo.

Somente em 1994 e 1998, quando Fernando Henrique Cardoso se elegeu duas vezes seguidas com mais 50% dos votos, não houve segundo turno.

1989 | Fernando Collor x Lula

A primeira eleição presidencial por voto direto após a redomocratização foi decidida em 2º turno. Em 1989, a apuração era feita através de contagem manual. Levaram dias até que o resultado apontasse quem iria para o 2º turno contra o candidato Fernando Collor de Melo (PRN), que obteve 30,4% dos votos na primeira votação.

A disputa pela vaga no segundo pleito ficou entre Leonel Brizola (PDT), que conseguiu 16,15% dos votos, e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que obteve 17,18% e enfrentou Collor no 2º turno.

1989

Fernando Collor

Lula

1º turno

30,47%

17,18%

2º turno

53,03%

46,97%

.

1994 | Fernando Henrique Cardoso – 1º turno

Na eleição presidencial de 1994, o candidato do PSDB, Fernando Henrique Cardoso venceu a disputa em 1º turno, com 54,24% dos votos.

Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, foi o segundo mais votado com 27,07% dos votos. Enéas Carneiro, do PRONA, obteve 7,38%.

1994

Fernando Henrique

Lula

1º turno

54,24%

27,07%

2º turno

—-

—-

.

1998 | Fernando Henrique Cardoso – 1º turno

A eleição presidencia de 1998 foi definida no 1º turno. O tucano Fernando Henrique Cardoso, que concorria à reeleição, bateu o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, com 53% dos votos válidos, contra 32% do petista.

Foi a primeira eleição após a aprovação da  emenda constitucional nº 16/97, que permitia a reeleição para a Presidência da República.

1998

Fernando Henrique

Lula

1º turno

53,06%

31,71%

2º turno

—-

—-

.

2002 | Lula x José Serra

No pleito de 2002, o petista Luiz Inácio Lula da Silva líderou a votação no 1º turno com 46,44% dos votos.

O tucano José Serra foi o 2º mais votado, com 23,19% dos votos.

A disputa foi levada para o 2º turno em 27 de outubro de 2002.

2002

Lula

José Serra

1º turno

46,44%

23,19%

2º turno

61,27%

38,73%

.

2006 | Lula x Geraldo Alckmin

Em 2006, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB) protagonizaram um primeiro turno acirrado. A contagem final dos votos do 1º turno indicaram 48,61 % para o petista que concorria à reeleição, contra 41,64% para o candidato tucano. A decisão foi para o 2º turno em 29 de outubro de 2006.

2006

Lula

Geraldo Alckmin

1º turno

48,61%

41,64%

2º turno

60,83%

39,17%

 

2010 | Dilma Roussef x José Serra

Em 2010, a eleição presidencial foi para o 2º turno. A disputa ficou entre a candidata do PT, Dilma Roussef, e o candidato do PSDB, José Serra. A candidata do PV, Marina Silva, conseguiu 20% dos votos, impedindo a vitória da petista no 1º turno. Dilma registrou 46% dos votos no 1ºturno. Serra obteve 33% dos votos na votação de 03 de outubro de 2010.

2010

Dilma Rousseff

José Serra

1º turno

46,91%

32,61%

2º turno

56,05%

43,95%

.

2014 | Dilma Roussef x Aécio Neves

A eleição presidencial de 2014 também foi definida em 2º turno, novamente numa disputa entre PT e PSDB. Dilma Rousseff, candidata do PT à reeleição, obteve 41,5% dos votos. O candidato do PSDB, Aécio Neves, ficou com 33,6% dos votos na primeira votação. Marina Silva, do PSB, que construiu sua candidatura como uma 3ª via contra a polarização entre PT e PSDB, ficou com 21,3% dos votos.

2014

Dilma Rousseff

Aécio Neves

1º turno

41,59%

33,55%

2º turno

51,64%

48,36%

Deu no Estadão

Ricardo Rosado

Descrição Diretor do Portal No Ar e Repórter do Fatorrrh.

todos os blogs