Geral

CRIME

Filha mata pai envenenado no Hospital Giselda Trigueiro

Segundo a PM, a mulher disse que queria acabar com sofrimento dele

Por Redação

15 de janeiro de 2019 | 16:19

Uma mulher matou o pai envenenado nesta terça-feira (15) dentro do Hospital Giselda Trigueiro. O homem que era portador de HIV, de acordo com informações passadas pela polícia, estava internado em estado grave.

Ainda segundo a PM, a suspeita disse ter envenenado o pai para diminuir o sofrimento dele e teria utilizado veneno para carrapatos.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN). A necrópsia e o exame toxicológico devem identificar as causas da morte.

A suspeita foi conduzida para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai investigar o caso.

RECOMENDAMOS

OPERAÇÃO CLÁSSICO REI

Homem com LSD é preso em decisão do Potiguar 2019

NOVA APOSENTADORIA

Marinho volta a defender que Reforma ataca privilégios

NOVO COMANDO

Com exportações suspensas, Codern empossa novo diretor

LEILÃO

Detran abre visitação a veículos que serão leiloados

CARNAVAL DE NATAL 2019

Banda Detroit comanda folia no Polo Ponta Negra

OPERAÇÃO PADRÃO

Agentes penitenciários se reúnem com Governo

CLIMÃO NA GLOBO

Bruno Gagliasso se afasta de Marina a pedido da mulher

CASO DO TRÍPLEX

Fachin nega mais um Habeas Corpus de Lula

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL