câmbio:

DÓLAR R$ 3.1648 EURO R$ 3.7146

Tempo, natal:

26°C

Lazer

MORADIA

09/08/2017

12:06

Governo amplia oferta de mais dois mil imóveis ao servidor público em convênio

O convênio foi firmado por meio do programa Moradia Cidadã, lançado em março passado para diminuir o déficit habitacional no estado

Por Redação

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Uma nova ação do Governo do Estado vai permitir a partir desta terça-feira (8), a oferta de mais 2 mil imóveis para aquisição pelo servidor público estadual e municipal. Isto foi possível com a assinatura pelo governador Robinson Faria de um convênio com o Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e administração de imóveis do Rio Grande do Norte (Secovi), que representa as imobiliárias, incorporadoras, loteadoras e empresas urbanizadoras e com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do RN (Creci).

O convênio foi firmado por meio do programa Moradia Cidadã, lançado em março passado para diminuir o déficit habitacional no estado.  “Vocês são bem-vindos a esta parceria. Vamos fortalecer e multiplicar os programas Moradia Cidadã e Moradia Cidadã Municípios. Com isso vamos atender a demanda na capital e no interior, gerar oportunidades de trabalho e incentivar a economia”, afirmou o governador aos dirigentes das duas instituições em ato realizado no início da tarde deste dia 08, na Governadoria.

O convênio vai ampliar rapidamente a oferta de imóveis credenciados atendendo tanto as necessidades dos dois programas geridos pela Companha Estadual de Habitação (Cehab), quanto as do mercado imobiliário. “Esta é uma ação coordenada da nossa administração.

Estamos aliando a capacidade de incentivo e fomento do Governo ao objeto de trabalho das imobiliárias”, disse Robinson Faria lembrando que “outras ações coordenadas vêm sendo tomadas como a agilização na liberação de licenças ambientais para novos empreendimentos, pelo Idema, a nova Lei de regulamentação de normas técnicas para a habitação dos imóveis, pelo Corpo de Bombeiros Militar, e a atração de empresas como a chinesa ChintCompany, segunda maior produtora do mundo de placas fotovoltaicas para produção de energia solar que irá gerar novos investimentos em apoio às suas atividades e também no setor imobiliário”.

O presidente da Cehab, João Ronaldo, ressaltou que parceria como o Secovi e com o Creci “vem somar para atingirmos o objetivo de atender toda a população dentro das políticas sociais dos governos federal e estadual, ofertando moradias para quem quer e precisa e não tem”.

O presidente do Creci, Waldemir Bezerra disse que o Governo do Estado hoje tem credibilidade e que a entidade, que representa 4,5 mil corretores e mais de 400 imobiliárias no RN soma esforços à administração estadual para atender as necessidades do servidor e da população”.

Renato Gomes, presidente do Secovi, considerou que a parceria “vai beneficiar o setor e os servidores, além de favorecer o desenvolvimento do Estado. Reconhecemos a importância desta iniciativa do Governo que pode contar conosco”.

SOBRE O MORADIA CIDADÃ

  • O programa foilançado pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social(Sethas), via Companhia Estadual de Habitação (Cehab).
  • O projeto viabiliza moradias de qualidade a preços mais baixos para servidores da Administração Direta e Indireta (ativos, aposentados e pensionistas).
  • Através do site www.cehabcidadao.rn.gov.bros interessados recebem orientações técnicas, tiram dúvidas online e até fecham intenção de compra.
  • O programa tem duas vertentes: Moradia Cidadã Servidor e Moradia Cidadã Municípios.
  • O projeto visa o enfrentamento ao déficit habitacional no RN que hoje é de 108 mil moradias.

MORADIA CIDADÃ MUNICÍPIOS

  • No Moradia Cidadã Municípios, 30 cidades do RN já aderiram ao Programa, entre elas Serra Caiada, Apodi, Alexandria, Caicó, Mossoró, Natal, Parnamirim, Goianinha, Macaíba, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante e São José do Mipibu.
  • Há cerca de 2 mil imóveis em fase de projeto para dar entrada junto à Caixa Econômica Federal para aprovação do empreendimento.

AÇÕES DA CEHAB DESDE 2015:

  • Moradias entregues em 60 cidades – 5.867 unidades (2015/2016).
  • Meta é entregar 4.649 moradias em 2017.
  • Em 2018, estão previstas a entrega de mais 4.019 moradias.
  • Regularização Fundiária realizada em 1.117 unidades habitacionais nas cidades de São Gonçalo do Amarante, Natal, Ceará Mirim, Monte Alegre, Canguaretama, Senador Georgino Avelino, Vila Flor.
  • Em Natal, está em fase de contratação a regularização fundiária de 10.394 unidades habitacionais, em nove conjuntos da Zona Norte.
  • No total, mais de 17 mil unidades habitacionais terão regularização fundiária em Natal, na Grande Natal, Mossoró, Pau dos Ferros e Currais Novos.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.