câmbio:

DÓLAR R$ 3.2226 EURO R$ 3.8194

Tempo, natal:

26°C

Gente no AR

JUSTIÇA

13/11/2017

15:55

Gracyanne Barbosa não paga indenização e tem bens bloqueados

Gracyanne foi condenada após um de seus cachorros atacar a cachorra de um vizinho

Por Redação

Foto: Reprodução/Instagram

Compartilhar } 1 Compartilhamentos

A Justiça do Rio de Janeiro determinou o bloqueio dos bens da modelo Gracyanne Barbosa por ela não pagar uma indenização que era devida após condenação cível. No despacho, o juiz José Guilherme Vasi Werner, do II Juizado Especial Cível, localizado no Fórum Regional da Barra da Tijuca, fez a penhora online de R$ 8 mil, valor atualizado da condenação.

No caso, que ocorreu em 2016, Gracyanne foi condenada após um de seus cachorros atacar a cachorra de um vizinho, o empresário Rodrigo Renauro, o que resultou na perda da visão de um dos olhos da pet. O empresário processou a modelo pedindo reparação financeira pelos gastos veterinários e também pediu danos morais pela angústia causada pelo episódio.

O processo correu todo em revelia, sem Gracyanne constituir um defensor legal na ação, e ela acabou sendo condenada no pagamento de R$ 5.886,25 em abril deste ano. Após transitar em julgado, o juiz determinou a execução da sentença no valor corrigido de R$ 8 mil, bloqueando os bens da esposa do cantor Belo e fazendo penhora online do valor.

Defesa

“Gracyanne não participou de nenhum ato desse processo, ela não teve a citação regular. Agora, com a informação do bloqueio da sua conta, ingressaremos com recurso na segunda-feira, requerendo o desbloqueio de sua conta, e que seja dado a ela o direito de defesa no processo”, disse Sandro André Nunes, advogado da modelo.

Compartilhar } 1 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.