câmbio:

DÓLAR R$ 3.6784 EURO R$ 4.3424

Tempo, natal:

26°C

Gente no AR

ÍDOLO

06/03/2018

16:52

Há 5 anos, o rock nacional perdia Chorão, do Charlie Brown Jr.

Alexandre Magno Abrão foi encontrado morto em um apartamento na zona oeste de São Paulo

Por Há 5 anos, o rock nacional perdia Chorão, do Charlie Brown Jr.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Há exatos 5 anos, nesse mesmo dia 6 de março, o rock nacional perdia um de seus maiores ídolos da geração dos anos 1990. Alexandre Magno Abrão, o Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr., foi encontrado morto em um apartamento na zona oeste de São Paulo. Ele tinha 42 anos.

A carreira do artista nascido em Santos começou no final dos anos 1980, ao conhecer o baixista Champignon. Com Renato Pelado, Thiago Castanho e Marcão, montaram o Charlie Brown Jr., que gravou seu primeiro álbum, “Transpiração Contínua Prolongada”.

O disco trouxe sucessos como “O Coro Vai Comê”, “Proibida pra Mim” e “Tudo que Ela Gosta de Escutar”. Dois anos depois, mais hits com o disco “Preço Curto, Prazo Longo”. A música “Te Levar” foi usada como abertura do seriado Malhação, da Rede Globo. O CD seguinte, “Nadando Com os Tubarões”, foi o último do grupo com a formação original. Eles registrariam mais oito álbuns.

Chorão também se envolveu em polêmicas. No ano de 2004, agrediu o vocalista Marcelo Camelo, do Los Hermanos, no aeroporto de Fortaleza. O motivo seria a declaração de Camelo que criticava a presença do Charlie Brown Jr. em um comercial da Coca-Cola.

Em 2005, Marcão, Pelado e Champignon saíram do grupo de maneira conturbada, ocasionando a volta de Castanho. Marcão retornaria ao grupo em 2011, assim como Champignon. Chorão e o baixista brigaram em um show em Apucarana, no Paraná, mas logo houve uma reconciliação. Champignon foi encontrado morto no dia 9 de setembro de 2013, poucos meses após a morte de Chorão.

Chorão também fez o roteiro do filme “O Magnata” (2007), com o ator Paulo Vilhena no papel principal. Neste ano, estreou o musical “Dias de Luta, Dias de Glória”, que retrata a história de Chorão.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.