câmbio:

DÓLAR R$ 3.1274 EURO R$ 3.7544

Tempo, natal:

23°C

Geral

OPINIÃO

19/05/2017

09:10

Hora de lutar afirma presidente da CNI

Leia abaixo a íntegra da mensagem

Por Redação

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Em nota distribuída na última quinta-feira, 18, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, reconhece a gravidade do momento vivido pelo país, mas afirma que não se deve sucumbir ao derrotismo e que a a hora é de lutar. Leia abaixo a íntegra da mensagem.

Por Robson Braga de Andrade
Presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)

A situação atual do pais é triste e profundamente lamentável. O cenário é de grande incerteza e imprevisibilidade. Não devemos, porém, nos sucumbir ao derrotismo. Parar de lutar significa aceitar passivamente o fracasso e a falta de futuro do país. Não temos outra alternativa senão continuar trabalhando para reverter esse quadro e ajudar a criar soluções para o Brasil superar essa gravíssima crise. Mais do que nunca precisamos nos unir e concentrar nossos esforços e energia nessa importante batalha. Ao longo desse percurso, certamente vamos ter novas decepções e reveses, mas de forma alguma poderemos deixar nos abater. A hora é de lutar!

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.