câmbio:

DÓLAR R$ 3.6784 EURO R$ 4.3424

Tempo, natal:

24°C

Economia

FIERN

09/02/2018

12:53

Importações do RN caíram 4% em 2017, mostra levantamento

Trigo lidera lista de produtos importados e Argentina aparece como principal origem das importações

Por Redação

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

As importações do Rio Grande do Norte em 2017 foram 4% menores em comparação com 2016. É o que atesta levantamento feito pelo Centro Internacional de Negócios da FIERN. O trigo lidera a lista de produtos importados e a Argentina aparece como principal origem das importações do estado no ano passado. Em seguida vem Estados Unidos e Malásia (de onde foram importados painéis fotovoltaicos) e a China.

De acordo com a pesquisa do CIN/FIERN, o ranking de países fornecedores do RN é bastante afetado por grandes importações pontuais que acontecem a cada ano, como foi o caso da Espanha em 2015, com grande fornecimento de aerogeradores.

“Apenas o trigo se mantém ano após ano como um dos principais produtos importados, sendo a Argentina o maior fornecedor mas também aparecendo os Estados Unidos como importante origem desse produto”, explica o Gerente do CIN/FIERN, Luiz Henrique Guedes.

O levantamento mostra ainda que insumos industriais, máquinas e equipamentos têm sido sempre a base das importações do RN, com pouca ocorrência de bens de consumo, estes chegando ao mercado potiguar geralmente através de importações realizadas por outros estados.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.