Cantores

PROBLEMAS

Justiça bloqueia bens de Marília Mendonça

A assessoria de Marília Mendonça informou à imprensa, por meio de nota, que a cobrança é indevida porque as apresentações foram canceladas por conta das fortes chuvas.

Por Redação

9 de janeiro de 2018 | 12:50

A Justiça de Minas Gerais determinou o bloqueio dos bens da cantora Marília Mendonça, no valor de R$ 33 mil, para garantir o ressarcimento de consumidores que compraram ingressos de um show cancelado. As apresentações estavam previstas para fevereiro e março de 2017 em Araguari (MG).

A decisão do juiz Márcio José Tricote, da 3ª Vara Cível de Araguari, condenou a cantora, a contratante e a produtora Workshow. Os três réus tiveram R$ 100 mil em bens bloqueados, com a divisão, cada um ficou responsável por cerca de R$ 33 mil.

A assessoria de Marília Mendonça informou à imprensa, por meio de nota, que a cobrança é indevida porque as apresentações foram canceladas por conta das fortes chuvas.

A decisão, no entanto, não é definitiva. Dia 18 de janeiro, haverá uma audiência de conciliação no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, Centro de Araguari. Caso as partes não cheguem a um acordo, o processo de bloqueio de bens segue.

RECOMENDAMOS

ENERGIA

Tarifa branca é liberada para consumo acima de 250 kWh

PENTE FINO

Bolsonaro assina MP que combate fraudes na Previdência

FINANÇAS

RN tem R$2,1 bilhões a receber dos 50 maiores devedores

PRÊMIO

Em mais um sorteio de verão Mega-Sena vem com R$ 33 mi

CONECTADOS

Brasil é o 5º país em uso diário de celulares no mundo

TEMPO

Previsão: Fim de semana deve ter chuva em Natal

EXAME

Pobre tem só 0,16% de chance de estar entre os melhores

REGRAS

ANTT publica nova tabela com valores do frete mínimo

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL