câmbio:

DÓLAR R$ 3.2596 EURO R$ 3.6441

Tempo, natal:

Partly Cloudy 24°C

Esportes

TAPETÃO

16/05/2017

08:47

Justiça indefere pedido do Globo contra a FNF

Juiz considerou que a exigência já havia sido cumprida

Por Ayrton Freire

RELAÇÃO ENTRE BARRETTO, NA ESQUERDA, E VANILDO NÃO VAI BEM (DIVULGAÇÃO/GLOBO)

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

Na Justiça, o Globo perdeu. O clube de Ceará-Mirim pediu que fosse determinado à Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) fazer a prestação de contas relativa ao ano de 2016. Entretanto, o juiz Pedro Rodrigues Caldas Neto, da 18ª Vara Cível da Comarca de Natal, considerou que a exigência já havia sido cumprida, e de forma antecipada.

A decisão foi publicada nessa segunda-feira, 15. “Indefiro a tutela provisória requerida na exordial e determino o encaminhamento do feito ao Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos – CEJUSC, com o fito de ser ter a realização de audiência preliminar de conciliação”, determinou o magistrado.

Se não houver conciliação ficou acertado que o Globo vai ter direito à “réplica no prazo de 15 (quinze) dias, artigo 351 do Código de Processo Civil, vindo concluso após”.

Leia a decisão na íntegra AQUI.

Leia mais sobre o caso

FNF leva briga com Barretto ao Ministério Público

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.