câmbio:

DÓLAR R$ 3.1375 EURO R$ 3.7511

Tempo, natal:

24°C

Geral

Paralisação

17/07/2017

16:36

Médicos de Natal anunciam ato público para esta terça-feira

A categoria que já decretou estado de greve faz paralisação total dos serviços

Por Redação

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Os médicos do município de Natal anunciam mais uma paralisação em suas atividades nos dias 17 e 18 de julho.  O motivo da paralisação é o não cumprimento da implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

A categoria que já decretou estado de greve faz paralisação total dos serviços de ambulatório e do Programa Saúde da Família (PSF). Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Hospital Municipal só serão atendidos os casos de emergência. Já as maternidades devem encaminhar os pacientes para unidades de saúde do estado.

Além da paralisação, a categoria está organizando um ato público para amanhã (18). O ato será uma caminhada com concentração no Sinmed RN, na Rua Apodi, a partir das 8h, seguindo até a sede da Prefeitura de Natal.

Grito da Saúde em Natal: “FORA BARROS!”

 A Confederação Nacional dos Médicos (CNM) se junta aos médicos de Natal e realiza ato único na capital Potiguar, com o Primeiro Grito “Fora Barros!”, em Natal.

O evento é uma resposta às repetidas agressões que a categoria médica vem recebendo do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, como forma de desviar a atenção dos brasileiros para os graves problemas de financiamento, corrupção e gestão que tornaram a prestação de assistência à saúde um martírio e uma ofensa aos cidadãos brasileiros.

Sendo essa uma das razões da falta de profissionais no serviço público, além das condições de trabalho absolutamente precárias, o Presidente do Sindicato, Geraldo Ferreira, que também preside a Confederação Nacional dos Médicos, optou por transformar a manifestação em um evento maior, fazendo o Primeiro Grito Fora Barros.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.