câmbio:

DÓLAR R$ 3.2226 EURO R$ 3.8194

Tempo, natal:

26°C

Geral

Alto Oeste

17/07/2017

06:50

Mulher é morta na frente de seus filhos no interior do estado

Mulher dormia com seus dois fuilhos pequenos, quando foi abordada e morta a tiros. Ex-companheiro é suspeito do crime

Por Geraldo Miranda

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Uma mulher foi morta pelo ex-marido a tiros na madrugada deste domingo (16), no município de João Dias, no Alto Oeste do estado. O filho do casal testemunhou o fato e foi peça determinante na prisão do acusado.

A vítima foi identificada como Lidiane Oliveira da Silva, 22 anos, que estava em casa dormindo com seus dois filhos, um de quatro anos e 11 meses e outro de dois anos e dois meses, quando seu ex-companheiro, arrombou a porta da casa e efetuou os disparos contra a vítima.

Após o crime o suspeito fugiu do local e abandonou as crianças junto do corpo da mãe. A mãe de Lidiane Oliveira foi acordada por volta das 3h da madrugada pelo neto mais velho, que em choque informou a avó do crime.

A Polícia Civil foi acionada e realizou diligências até a casa dos pais do acusado, e ele se encontrava no local dormindo. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Patu.

Segundo a família da vítima, o casal estava separado há alguns meses, segundo a polícia. Ela sofria ameaças e chegou a prestar queixa contra o ex-marido, que é investigado por incendiar o imóvel onde Lidiane morava, no dia 22 de junho.

O delegado Célio Fonseca, da Delegacia de Polícia de Alexandria informou que não pode colher depoimento da criança e que ela foi encaminhada para um centro de assistência social. A arma do crime ainda não foi localizada, mas a polícia irá investigar a residência em busca de “provas técnicas, como residuogramas, manchas de sangue, entre outras”, informou o delegado.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.