câmbio:

DÓLAR R$ 3.2349 EURO R$ 3.8172

Tempo, natal:

25°C

Geral

22/04/2013

12:30

Mutirão : 70% dos processos sobre presos condenados já foram analisados

Por gentenoar

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Cerca de 70% dos processos referentes a presos condenados já foram analisados pela equipe do Mutirão Carcerário 2013 no Rio Grande do Norte. Iniciado em 2 de abril e previsto para ser concluído na sexta-feira, 3 de maio, o trabalho coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com apoio do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) conta com a participação de juízes auxiliares do Conselho, juízes estaduais, promotores, advogados, servidores e defensores públicos.

“Estamos com um volume de processos já examinados acima do previsto para este momento e creio que teremos condições de encerrar a análise dos feitos, nesses nove dias úteis que faltam, tempo suficiente para a conclusão do mutirão”, destaca Esmar Custódio Vêncio Filho, juiz auxiliar do CNJ e integrante do TJ do Tocantins.

Esmar Custódio, até o momento, já visitou 21 unidades prisionais no Rio Grande do Norte. O que mais chama a atenção, durante o trabalho, é segundo ele, o abandono em relação a questão da saúde dos presos. Não há atendimento médico, nem de urgência, falta itens básicos de higiene como sabonete e pasta de dente. Tampouco existe planejamento para a prevenção de doenças infectocontagiosas como tuberculose e hepatite. Os locais de cumprimento de penas são quentes, úmidos, abafados, com pessoas amontoadas e insalubres.

No relatório preliminar da equipe, foram apontadas 16 irregularidades. Além da superlotação, existente em quase todos os prédios, uma que despertou os inspetores do CNJ foi a falta de espaço para o banho de sol. “Não é para os presos se bronzearem e sim, trata-se de uma questão de saúde, para evitar doenças”, explica o juiz auxiliar do Conselho Nacional de Justiça. Outro fato recorrente é a inexistência de área para visitas em delegacias que servem como locais de custódia de presos.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.