câmbio:

DÓLAR R$ 3.1921 EURO R$ 3.7618

Tempo, natal:

24°C

Economia

DINHEIRINHO BOM

05/06/2017

11:02

Novas regras de ISS irão gerar R$ 50 milhões para cidades do RN

Tributos passam a ser cobrados de maneira descentralizadas, beneficiando mais municípios.

Por Dinarte Assunção

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

Pelo menos R$ 50 milhões deverão aportar nos cofres das prefeituras do RN com as novas regras de tributação do Imposto Sobre Serviço (ISS), estima a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn).

Na semana passada, O Congresso Nacional promulgou lei em que há mudança sobre o imposto. A partir de agora, o ISS passará a ser recolhido na cidade geradora do fato.

A mudança deverá afetar especialmente planos de saúde, cartões de crédito e operações de leasing, que, pelas regras anteriores, tributavam nas cidades onde estavam sediadas as companhias.

“O Brasil inteiro gera impostos sobre esses serviço, mas só algumas cidades estavam sendo beneficiadas por serem as sedes das empresas. Isso não é justo”, reclamou o vice-presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn), José Leonardo Cassimiro de Araújo (PSD), o Naldinho.

De acordo com as estimativas da Federação, anualmente, R$ 50 milhões serão repassados para as cidades do Rio Grande do Norte.

“O direito é sobre 5% da transação. A estimativa da Femurn é sobre esse valor, que não soluciona, mas oxigena as finanças públicas”, analisou Naldinho, que é prefeito de São Paulo do Potengi.

Natal

Natal

Em Natal, o ISS representa quase R$ 100 milhões em receitas anualmente, conforme os balancetes atuais, apesar das previsões iniciais de arrecadação no orçamento serem de três vezes mais.
Preliminarmente, a reportagem apurou que as novas regras vão implicar em impacto positivo mas não vai significar tanto.

Junto a Secretaria de Tributação, no entanto, a reportagem não conseguiu mais detalhes com o titular da pasta, Ludenilson Araújo.

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.