câmbio:

DÓLAR R$ 3.2612 EURO R$ 3.8489

Tempo, natal:

25°C

Lazer

12/04/2013

13:26

"O sistema está na UTI", constata representante da OAB sobre presídios do RN

Por quadra

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

Paulo César Costa visitou o CP de Candelária nesta sexta-feira junto com representante do CNJ

O presidente da Comissão de Advogados Criminalistas da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN), Paulo César Costa, participou na manhã desta sexta-feira (12), juntamente com membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de uma visita ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Candelária, na zona Sul de Natal, para avaliar problemas como superlotação e questões de higiene dos presos. A conclusão foi clara: “O sistema está na UTI”.

Juntamente com o juiz Esmar Custódio Vêncio Filho, a comitiva visitou todas as celas e falou a cerca do Mutirão Carcerário. Na oportunidade, eles puderam constatar as instalações precárias do CDP. “O sistema está na UTI. Há uma carência não só no aspecto físico, mas também no humano”, relatou Paulo César. Hoje o CDP de Candelária conta apenas com dois agentes penitenciários para 86 detentos.

Segundo o presidente da Comissão, “a OAB vai aguardar a elaboração do dossiê do CNJ, com base nas visitas feitas a todos as unidades prisionais do Estado, para tentar tomar providências junto às autoridades competentes”.

A inspeção faz parte do Mutirão Carcerário, realizado pelo TJ e CNJ, em parceria com a OAB. O projeto, que teve início no dia 2 de abril, segue até o dia 3 de maio sob a coordenação do magistrado Henrique Baltazar Vilar dos Santos, de Execuções Penais, nos termos da Portaria 280/2013-TJ e de Resolução Conjunta nº 01-09 – CNM. A inspeção tem como objetivo aperfeiçoar os mecanismos de acompanhamentos das prisões provisórias e definitivas das medidas de segurança e das internações de adolescentes em conflito com a lei.

Compartilhar } 0 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.