• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    26ºc

Esportes

CRAQUE DA MENTIRA

Polícia procura falso jogador que enganou o Força e Luz

'Denis Vieri', que também se passou por empresário, sumiu e deixou 4 atletas no RN sem dinheiro da volta para casa

Por Redação

8 de fevereiro de 2018 | 15:05

A Polícia Civil começou, nesta quinta-feira (8), a fazer diligências para localizar as vítimas e buscar as pessoas envolvidas no caso do homem identificado como Denis Vieri, que se passou por falso jogador de futebol para compor o elenco do Centro Esportivo Força e Luz, e também como agenciador de atletas para trazer quatro homens do Sudeste do Brasil ao Rio Grande do Norte com a promessa de que atuariam no time que disputa o Campeonato Potiguar.

Conforme noticiado pela imprensa local, Denis Vieri, de 34 anos, teria firmado um falso contrato com os quatro jogadores. Três deles são do estado de Minas Gerais e um de São Paulo. Além disso, ele alegou ter jogados por clubes pelos quais não há registros de passagens dele – caso do Santos-SP, Vasco-RJ e Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

“Ao trazer os atletas para o Força e Luz, Denis Vieri prometeu um salário entre R$ 2 mil a R$ 3 mil a todos eles. Ao clube, no entanto, a história era outra: ele afirmava que ele e os outros quatro atletas chegavam sem custos. O Time Elétrico só daria moradia (no alojamento do clube) e alimentação. Assim, o início da história se costurou. Após o acerto com o Força e Luz, Denis Vieri pediu para três dos quatro jogadores depositarem R$ 1.459 para a compra das passagens aéreas de cada um. O quarto integrante do grupo, Hélio Ciro, precisaria pagar R$ 2.459 pela passagem, mas fez a transferência de R$ 1.300. Após a chegada a Natal, foi cobrado por Denis, via WhatsApp, por sua “dívida” de R$ 1.200. O falsário teria comprado apenas as passagens de ida e embolsou o restante do dinheiro transferido pelos atletas”, diz reportagem publicada pelo Globoesporte.com.

Além de Hélio Ciro, de 18 anos, Carlos Felix, de 20, Wesley Henrique, 25, e Jefferson Lima, também com 25 anos, não têm dinheiro para retornar para as casas deles. Denis Vieri sumiu sem dar notícias de onde está.

“Tão logo a Polícia Civil tomou conhecimento desta notícia, nós acionamos a DEFD para apurar as circunstâncias dos fatos e autoria. Na tarde desta quinta-feira, a Polícia Civil deverá ouvir os quatro rapazes que foram chamados para jogar no time em questão assim como um representante do clube.” disse o Diretor de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), Júlio Costa.

Diante das notícias veiculadas na imprensa local e nacional, abriremos um inquérito policial para apurar os crimes ocorridos no caso, afirmou o delegado João Bosco Vasconcelos de Almeida, titular da Delegacia Especializada em Fraudes e Defraudações (DEFD).

Quem tiver informações sobre o homem conhecido como Denis Vieri poderá enviar os dados de forma sigilosa para o disque denúncia (181).

RECOMENDAMOS

TV NOAR

Portal NoAr realiza entrevistas com candidatos à OAB

ESCRAVIDÃO

Grupo é retirado de trabalho análogo à escravidão no RN

SENHORA DA APRESENTAÇÃO

Festa da padroeira de Natal tem shows e quermesse

BARRADOS

Mais de 600 imigrantes são detidos na fronteira dos EUA

ALERTA

RN tem risco de não investir percentual mínimo em saúde

EVENTO

Natal terá congresso dos "Engenheiros Sem Fronteiras"

OPORTUNIDADE

Sesc abre inscrições para cursos gratuitos de dezembro

MENOS MÉDICOS

RN vai perder mais da metade do "Mais Médicos"

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL