câmbio:

DÓLAR R$ 3.7671 EURO R$ 4.3691

Tempo, natal:

24°C

Geral

SEGURANÇA

05/02/2018

09:32

Policiais podem parar novamente após descumprimento do governo

Segundo representante, não foi cumprida a implantação do pagamento dos promovidos em agosto de 2017

Por Geraldo Miranda

Compartilhar } 7 Compartilhamentos

Os policiais militares podem retomar o movimento “Segurança com Segurança” devido ao não cumprimento do acordo por parte do Governo do Estado. A informação foi repassada pelo presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), Eliabe Marques, que vem monitorando junto com a categoria o cumprimento do Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial firmado no dia 10 do mês passado.

Policiais 01Segundo o presidente existem pontos que não foram cumpridos no prazo acertado, e outros seguem sem prazo definido. “Até o momento, não foi cumprido o combinado quanto à implantação do pagamento dos promovidos em agosto de 2017, à efetivação das promoções de dezembro de 2017, e à implantação dos níveis da Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar. Não há também clareza quanto ao pagamento do décimo terceiro salário e do salário de janeiro”, denunciou.

Outros pontos não cumpridos pelo Governo foram a efetivação das datas de promoção atrasadas, execução integral do contrato de locação de viaturas utilizadas no Corpo de Bombeiros e Polícia Militar (PM) no tocante à manutenção dos veículos, melhorias no Centro Integrado de Apoio Social ao Policial (CIASP), mudança na escala de guaritas dos presídios, se adequando à legislação em vigor que exige que o policial repouse quatro horas a cada duas horas trabalhadas além do envio da Lei Orgânica Básica, Código de Ética e Estatuto da PM à Assembleia Legislativa.

Assim a categoria realizará uma assembleia nesta segunda-feira (5) no Clube Tiradentes para deliberar se retomam o movimento. “Nossa luta não acabou quando o Governo assinou o Termo. Seguimos acompanhando tudo, porque queremos ver todas as questões efetivadas. Demos o voto de confiança e agora iremos cobrar o cumprimento do nosso pleito”, informou Eliabe Marques.

Compartilhar } 7 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.