câmbio:

DÓLAR R$ 3.2289 EURO R$ 3.9612

Tempo, natal:

25°C

Geral

DESESPERO

03/01/2018

11:29

Policial tenta se matar no 4º Batalhão da PM

Sem salário e comida em casa, PM se trancou no alojamento e ameaçou dar cabo à própria vida

Por Geraldo Miranda

Policial ameaçou a própria vida no 4º BPM (Foto: Soldado Gláucia/Reprodução)

Compartilhar } 354 Compartilhamentos

A falta de pagamento por parte do Governo do Estado aos agentes de segurança quase terminou em tragédia no 4º Batalhão de Policia Militar (BPM). Um policial militar se trancou em um dos alojamentos e ameaçou tirar a própria vida em um ato de desespero.

O policial, que terá seu nome resguardado pela reportagem do Portalnoar.com.br, se apresentou para o serviço em seu batalhão e, durante a visita do Comando do Patrulhamento Metropolitano, ele se trancou no alojamento e afirmou que iria retirar a própria vida com um tiro na cabeça.

Após ser convencido pelos companheiros e o comandante do CPM, o coronel  Zacarias Mendonça, o policial informou que “ele e sua família estavam sem ter o que comer e disse que os filhos estão em casa chorando sem alimentos, ou sequer leite”.

O caso gerou comoção dos policiais, que sem esconder a decepção choravam de desespero junto com o colega. O policial foi dispensado do serviço e esta sob cuidados da junta médica da PM.

O Governo do Estado realizou o pagamento de novembro dos servidores que recebem até quatro mil reais na última sexta-feira (29), porém até o momento os salários de quem recebem acima dos R$ 4 mil e os meses de dezembro e o 13º ainda não tem previsão de pagamento.

Compartilhar } 354 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.