• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    27ºc
SAÚDE

Procura por drenagem linfática cresce em clínicas de estética potiguares

Excesso na alimentação durante festas e chegada do verão são algumas das motivações

Por Redação

9 de janeiro de 2018 | 06:39

Atividade física e dieta. Este é o estilo de vida praticado por boa parte dos brasileiros ao longo do ano. Chega dezembro e, em uma semana, todo o esforço é deixado em segundo plano. Muitas festas, confraternizações, ceias de fim de ano. O resultado é aquela sensação de inchaço que pode estar relacionada aos excessos no consumo de frituras, alimentos com sal, comidas industrializadas e bebidas alcoólicas.

Devido aos abusos alimentares cometidos nessa época do ano, clínicas de estéticas potiguares já percebem um crescimento na procura por drenagens linfáticas, espécies de massagens que ajudam o corpo a eliminar líquidos e toxinas e, consequentemente, a aliviar dores musculares e a perder medidas de forma saudável. Entre os benefícios estão a redução da retenção de líquido – o que dá a sensação de inchaço – e o melhoramento da circulação sanguínea. Outros causadores da retenção de líquido, no entanto, estão associados a problemas circulatórios e hormonais.

“Para as duas primeiras semanas de janeiro já estamos com boa parte dos horários preenchidos. Isso representa um aumento de quase 10% em relação ao mesmo período do ano anterior no número de pacientes, homens e mulheres, que buscam o procedimento. Grande parte queixa-se de exageros nas ceias de Natal e Ano Novo”, afirma o empresário Hállamo Saraiva, proprietário das clínicas Emagrecer, uns dos maiores centros de estética de Natal.

A chegada do verão e a aproximação das festas de Rei Momo também aumentam a demanda. “As pessoas querem estar com o corpo leve para brincar os dias de Carnaval, o que deve proporcionar um incremento de aproximadamente 20% em nosso faturamento em relação ao verão passado”, complementa o empreendedor.

Mãos de fada

É assim que a esteticista corporal e facial Ana Bárbara Leite é carinhosamente chamada pelos pacientes. No mercado há cinco anos, a profissional costuma atender, em média, 50 pessoas semanalmente. Os procedimentos realizados pela potiguar são manuais e podem variar de 55 minutos a uma hora e meia. Em alguns casos, os resultados das drenagens são visíveis durante a sessão. “Realizar a técnica manualmente é um diferencial nos dias atuais. Nada substitui o toque com as mãos”, comenta.

A paixão por um estilo de vida saudável foi o que levou Ana Bárbara a ingressar na área, considerada em expansão no Rio Grande do Norte. “Muitas pessoas colocam a vaidade no topo dos objetivos, mas primeiramente devemos pensar em saúde e qualidade de vida”, ressalta.

Apesar de proporcionar resultados duradouros, se associada a atividades físicas e a uma alimentação balanceada, a drenagem linfática apresenta contraindicações que evitam o agravamento do quadro clínico já existente no paciente. “Embora seja relaxante, o tratamento mexe com todo o sistema circulatório, o que não é indicado para pessoas que possuem infecções, processos inflamatórios agudos, doenças como câncer, insuficiência renal, hepática e insuficiências cardíacas, tuberculose e hipertensão descompensada. Por isso, é importante ser atendido por um profissional qualificado, que deverá realizar a avaliação nas primeiras sessões, antes da drenagem”, explica a especialista.

Outros procedimentos

Outro procedimento realizado manualmente pela profissional é o Método Renata França, conhecido nacionalmente como o “queridinho” das celebridades. A técnica vem fazendo sucesso entre os clientes que passam pelas mãos de Ana Bárbara Leite, desde que se tornou habilitada pela criadora do procedimento que assina a façanha. “O Método Renata França consiste em uma drenagem de alta performance, com movimentos diferenciados, onde têm-se resultados visíveis durante a sessão. Além de eliminar líquidos e toxinas, o procedimento remodela o corpo e ajuda a melhorar os aspectos causados pela celulite”, diz.

Quem deseja resultados acima da média conta com o tratamento Efficient, ideal para pessoas que sofrem com retenção de líquido constante. A prática, que tem duração de duas horas, faz uso de cosméticos, massagem e bandagens compressivas que atuam não como um paliativo, mas na causa do problema.

Assim como muitas mulheres, a ex-miss Rio Grande do Norte 2004, Susana Schott, sofre com retenção de líquido desde a adolescência, bastante comum entre as mulheres devido as alterações hormonais. O quadro agravou-se durante a gravidez, quando Schott apresentou inchaço nas pernas, nos pés e nos braços, causando desconforto e cansaço.

Há pelo menos oito anos, a musa fitness, que também é jornalista e digital influencer, viu o problema diminuir depois de descobrir a drenagem linfática. “É o que está me salvando”, enfatiza. Para garantir melhores resultados, Schott realiza o procedimento duas vezes por semana e associa o tratamento com uma alimentação nutritiva, treinamentos aeróbicos e exercícios com pesos. “Encontrei um equilíbrio na minha vida. Sinto-me mais leve. Posso dizer, sem errar, que hoje em dia sou outra pessoa”, frisa.

RECOMENDAMOS

JUSTIÇA ELEITORAL

Aplicativo registra 10 mil reclamações eleitorais

ALCKMIN SOBRE BOLSONARO

Candidaturas folclóricas não resistem ao 2º turno

AJUSTES

MPE manda São José de Mipibu adequar transparência

PARNAMIRIM

Fórum de Educação foca em alunos com microcefalia

FISCO

Cerveja Proibida é investigada por fraude de R$ 100 mi

INVESTIGAÇÃO

PF instaura 2º inquérito para apurar ataque a Bolsonaro

ESTUDOS

ENEM: Cinco maneiras de se preparar para a prova

"ME SINTO MAL"

Marília Mendonça recebe ameaças após campanha 'Ele Não'

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL