câmbio:

DÓLAR R$ 3.3420 EURO R$ 3.7409

Tempo, natal:

23°C

Cotidiano

TECNOLOGIA

15/02/2017

17:40

RN ganha primeiras salas de aula no formato Google

Abertura oficial se dará nesta quinta-feira (16), em Natal.

Por Redação

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

Espalhados sobre almofadas, bancos coloridos e até cubos mágicos gigantes, os alunos têm olhos atentos às telas – da televisão, dos computadores e dos tablets. Na roda de conversa, mal dá para ver quem é o professor. Parece recreio, mas é hora de estudo. Tratam-se das aulas inaugurais das primeiras salas de aula no formato Google do Rio Grande do Norte, cuja abertura oficial se dará nesta quinta-feira (16), em Natal.

As novas salas vão funcionar no Complexo Educacional Contemporâneo, nos bairros de Cidade Verde e de Lagoa Nova. O projeto é saldo de uma parceria estabelecida entre a escola e o Google for Education, ferramenta educacional já presente em 190 países que favorece a aprendizagem, dentro e fora da sala de aula. Nos espaços altamente conectados, uma dinâmica descontraída é proposta para estimular os estudos.

“Enxergamos o potencial de aprendizagem nesse ambiente diferente para o ensino. Mais importante que o uso de tecnologia, é a construção de um novo conceito de interação entre professores e estudantes, sem carteiras enfileiradas”, explica Irany Xavier de Andrade, diretora da escola, que acredita na capacidade do espaço de tornar temas ainda tidos como complexos em fáceis e acessíveis.

Considerada um bicho de sete cabeças por muitos alunos, a matemática deve obter vantagens com a novidade. Para o professor Roberto Sérgio, a sala no formato Google pode aproximá-los da disciplina. “Podemos usar projeções multimídia, mapas virtuais, videoconferências e trabalhos coletivos, utilizando softwares de edição compartilhada de exercícios. Tudo para tornar os conteúdos mais atrativos”, justifica ele.

O espaço sem carteiras ou lousas vai ofertar aulas em sistema de rodízio para turmas dos ensinos Fundamental e Médio. O uso das salas depende do professor e do tipo de aula, porém, vai ocorrer em diferentes disciplinas, para que todos possam recorrer aos meios que a novidade oferece. Nos intervalos, o acesso ao local é livre.

A adesão do Contemporâneo ao Google for Education aconteceu ainda no ano passado, quando a ferramenta começou a permitir a extensão da sala de aula na internet, dentro e fora da escola. “Todo o conteúdo inserido na sua plataforma digital ganha total disponibilidade de acesso, com armazenamento ilimitado nas nuvens, tornando o conteúdo disponível antes mesmo que a aula aconteça”, acrescenta Irany sobre a ferramenta que originou as salas ansiadas pelos estudantes.

Compartilhar } 2 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.