• câmbio
    dólar R$
    euro R$
  • tempo, natal/rn
    27ºc
Sistema Prisional

TCE suspende homologação do concurso para agentes penitenciários

A decisão ainda deverá ser apreciada no Pleno do TCE, porém até lá a medida cautelar estará valendo

Por Júlio Rocha

9 de novembro de 2017 | 15:44

Em decisão monocrática da conselheira Maria Adélia Sales, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) suspenda a homologação do concurso público para a contratação de 571 agentes penitenciários. A decisão ainda deverá ser apreciada no Pleno do TCE, porém até lá a medida cautelar estará valendo.

Na decisão a conselheira determinou que a Secretaria de Estado de Administração e Recursos Humanos (SEARH) que abstenha-se, imediatamente, de homologar o resultado final do certame até o julgamento definitivo deste processo. Foi fixado o prazo de 10 dias, contados a partir da intimação da decisão, para que a SEARH comprove nos autos a adoção da medida por meio de sua publicação no Diário Oficial, sob pena de imposição de multa diária e individual no valor de R$ 1.000,00 (mil reais) aos seus atuais gestores, Cristiano Feitosa Mendes e Werbert Benigno Moura.

No processo, a conselheira relatou que foram identificadas falhas nos aspectos de condução do certame e na oferta de vagas, como também no planejamento financeiro e orçamento das admissões dos aprovados com descumprimento das normas da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Constituição Federal.

Adélia Sales apontou que a homologação do concurso iria gerar direito subjetivo aos aprovados gerando consequências irreversíveis.

Resposta do Governo

A respeito da suspensão da homologação do concurso público para a contratação de 571 agentes penitenciários, a SEARH esclareceu que:

  1. O certame foi deflagrado em razão de decisão judicial nos autos do processo nº 083795428.2015.8.20.5001, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, que determinou a seleção e nomeação dos Agentes Penitenciários. A Secretaria de Estado de Administração e Recursos Humanos e a Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania prontamente cumpriram fielmente a referida decisão, deflagrando o certame.
  2. Após a notificação da recente decisão do Tribunal de Contas do Estado, a Procuradoria Geral do Estado foi acionada e já está adotando as medidas necessárias para reverter a decisão do Tribunal de Contas do Estado, a fim de que o concurso possa ter seguimento.

RECOMENDAMOS

MÃE DOS IF's

Rosalba desmente Fátima sobre autoria da vinda de IFRNs

VÍDEO

Touros: Motorista não estava roubando diesel de ônibus

BENEFÍCIO

Nascidos em outubro podem sacar abono do PIS de 2017

CLIMÃO!

Marina Ruy proíbe colega de chegar perto de seu marido

APOIO ALVIRRUBRO

América vende ingressos para jogo do Nordestão Sub-20

ELEIÇÕES 2018

Após críticas, Cid Gomes grava vídeo em apoio a Haddad

FINANÇAS

Um terço dos clientes ignora valor da fatura do cartão

EM NATAL

Astronauta brasileiro palestra em torneio de robótica

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL