câmbio:

DÓLAR R$ 3.7975 EURO R$ 4.4609

Tempo, natal:

22°C

Geral

PREOCUPAÇÃO

12/07/2018

15:27

Terminal Salineiro de Areia Branca é interditado pelo Ibama

Órgão ligado ao meio-ambiente encontra irregularidades na operação do Porto-Ilha; Codern busca solução para o problema

Por Norton Rafael

Foto: Codern/Divulgação

Compartilhar } 4 Compartilhamentos

Uma ação conjunta envolvendo agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) interditou nesta quinta-feira (12) o Terminal Salineiro de Areia Branca, na Costa Branca do Rio Grande do Norte. A estrutura é responsável por escoar a produção de sal do estado para o mercado brasileiro e o exterior.

A interdição teria sido motivada pelas más condições da estrutura, que opera a 14 quilômetros da costa de Areia Branca. A reportagem do portalnoar.com encontrou em contato com a assessoria de comunicação do Ibama solicitando maiores informações, mas até a publicação desta reportagem ainda não havia recebido resposta.

Em nota, a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) informou que “está concentrando todos os esforços no objetivo de atender as exigências do IBAMA relacionadas ao Terminal Salineiro”. Ainda segundo a Codern, o diretor-presidente da pasta, Fernando Dinoá Medeiros Filho, vai a Brasília buscar um caminho alternativo para viabilizar a liberação do Terminal. A intenção do gestor é firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério do Meio-Ambiente e o Ibama.

A Companhia Docas dispõe de um Plano de Ação para recuperação do Terminal Salineiro de Areia Branca. A Companhia vai apresentar este plano durante o encontro afim de mostrar um caminho viável para a liberação imediata da estrutura.

A Codern é responsável pela gestão do Porto de Natal e pelo Terminal Salineiro de Areia Branca. O Porto-Ilha opera desde 1974 e fica localizado a 330 quilômetros de Natal, no Oceano Atlântico.

Compartilhar } 4 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.