câmbio:

DÓLAR R$ 3.7975 EURO R$ 4.4609

Tempo, natal:

26°C

Geral

DESPEDIDA

04/04/2018

19:52

Velório de cantor morto em assalto tem silêncio, lágrimas e revolta

Missa será às 8h, no ginásio do IMA, e o sepultamento será às 10h, no Cemitério Parque da Passagem

Por Heilysmar Lima

Compartilhar } 5 Compartilhamentos

Silêncio, tristeza, dor, lágrimas e, principalmente, revolta. Esses foram os sentimentos que marcaram o início do velório do cantor e professor Alex França. Pouco a pouco, familiares, amigos e alunos foram preenchendo os espaços vazios do ginásio.

A cerimônia está sendo realizada no ginásio de esportes do Instituto Maria Auxiliadora, na zona Leste da capital. No local, familiares, amigos, fãs e alunos prestaram suas homenagens a França.

No centro da quadra, Alex recebe as últimas homenagens. No período em que a reportagem do portalnoar.com.br esteve no velório, era possível ouvir, ao fundo em meio ao silêncio, o choro inconsolável de alguém que, notoriamente, sofria com a partida repentina do jovem músico e educador.

A todo instante mais pessoas chegam para o último adeus. A cada lamentação de um familiar, amigo, fã ou aluno, a dor é replicada para todos os presentes.

Abalados, os familiares não continham a emoção. Jarbas França é primo de Alex e destacou que o que fica é o sentimento positivo. “Ele sempre buscava ajudar ao esporte, era um cara batalhador, sempre animado. Fica a lembrança gostosa dele”, declarou com o olhar tomado por lágrimas.

Jarbas ainda acrescentou que o jovem músico deixou seu legado de feitios positivos. “Nunca fez mal a ninguém. As redes sociais mostram o quanto ele era querido por todos. Ele era só alegria. A gente fica triste com essa situação”.

Ele ainda se mostrou preocupado com a insegurança em Natal e pediu providências.

“Chegou numa situação que a gente tem que rezar para não ser o próximo. É isso que vem acontecendo na nossa cidade. É triste. Os órgãos competentes precisam tomar alguma providência. A situação está cada dia pior. O medo de sair de casa não é só meu, é de todos”, protestou.

O coordenador de esportes do Auxiliadora, Roberto Calmon, relembrou de Alex como um educador nato. “Era um professor que usava a palavra com nostalgia, com excelência, muito bem preparado. Ele deixou o legado dele dentro do coração de cada um que passou por ele”, conta com os olhos marejados.

Para ele, o sentimento é “de injustiça, decepção de como um mundo está nos dias de hoje e de achar que não conseguimos fazer mais nada”, disse.

O sepultamento está marcado para as 10 horas desta quinta-feira (5), no Cemitério Parque da Passagem. Antes, uma missa de corpo presente será celebrada, às 8 horas, no mesmo local do velório.

O crime

Alex França foi morto na noite dessa terça-feira (3) após uma tentativa de assalto. O cantor, que também é professor de educação física, estava na casa de um amigo e saía para a faculdade, quando três homens chegaram de surpresa e pediram a chave do carro. Eles deitaram as vítimas no chão e retiraram a chave do bolso de Alex e na fuga atiraram em suas costas.

Alex França foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento da Cidade da Esperança, também na zona Oeste e transferido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Ele chegou a unidade consciente, mas antes de a cirurgia começar, não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Compartilhar } 5 Compartilhamentos

últimas notícias

+ Lidas

recomendamos

comentários

Ao comentar, o leitor concorda com nossas regras e política de privacidade. Veja aqui

O espaço de comentários do Portal no AR pode ser moderado. Não serão aceitas as seguintes mensagens:

1. que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal;
2. com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;
3. com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;
4. com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;
5. de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
6. que caracterizem prática de spam;
7. anônimas ou assinadas com e-mail falso;
8. fora do contexto do portal.

O Portal no AR:

1. não se responsabiliza pelos comentários dos frequentadores do blog;
2. se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas Regras ou às normas legais em vigor;
3. não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros.
4. se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.