Gente no AR

QUE HORROR!

Aconteceu ao vivo: Repórter da Band dá microfonadas em preso após levar cusparada

Episódio aconteceu no momento em que a apresentadora aguardava o preso em transmissão para o programa Bora SP.

Por Redação

4 de outubro de 2019 | 11:49

Foto: Reprodução

A vida de repórter não é nada fácil. Enquanto fazia uma transmissão ao vivo para o programa Bora SP, da banda, a jornalista Elisângela Carreira tentou entrevistar um preso que estava sendo conduzido até a viatura.

O homem que aparece no vídeo em questão é o porteiro Eronildo Martins. Ele  foi acusado de ter estuprado e assassinado a jovem Aline Dantas no momento em que ela para comprar fraldas para o bebê dela. O caso aconteceu no último dia 8 de setembro, no interior São Paulo, e chorou moradores da região.

Ao tentar colher algumas declarações do homem numa sonora para o noticiário eletrônico, Elisângela acabou sendo alvo de uma cusparada de Eronildo. Revoltada, a apresentadora deixou o sangue ferver e acabou revidando com microfonadas para se defender da “agressão”.

“Seu nojo, seu lixo”, disse a repórter após o ocorrido. No Brasil Urgente, comandado por José Luiz Datena, a jornalista falou sobre o ocorrido. Assista ao vídeo.

RECOMENDAMOS

OPERAÇÃO

PF aprende 1,2 ton de droga a caminho do porto de Natal

INCENTIVO

Agricultura Familiar do RN ganhará linha de crédito

CAPACITAÇÃO

Casa do Menor Trabalhador forma 700 alunos em Natal

MUDANÇAS

Bolsa Família será reformulado com valores maiores

CONGRESSO TUCANO

PSDB diz que terá candidato a Presidência em 2022

EMBOSCADA

Atentado na BR-262 mata índios Guajajara no MaranhãoA

VOLTOU ATRÁS

Governo recua de excluir 17 profissões do MEI

TALENTO UNIVERSITÁIRO

Prêmio Capes distribuirá R$ 5 mil para mil colocados

comentários