Bem Sertanejo – O Musical

Por Raul Saraiva

1 de abril de 2019 | 09:24

O sucesso de Bem Sertanejo – O Musical desembarca no Norte e Nordeste para uma turnê em 6 cidades, durante os meses de março e abril: Salvador, Recife, Belém, Maceió, Natal e Fortaleza. Essa é a primeira vez que o musical viaja para essa região depois de lotar teatros em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Maringá, Goiânia, Ribeirão Preto e Porto Alegre. Foram mais de 70 apresentações esgotadas.

Com patrocínio master da PagSeguro, a montagem conta a história da música sertaneja, desde a sua origem caipira, no século 17, até os dias mais recentes, e traz no repertório cerca de 56 sucessos de nomes consagrados, como Tonico e Tinoco, Sérgio Reis, Almir Sater, Renato Teixeira, Chitãozinho e Xororó, Leandro e Leonardo, Zezé Di Camargo e Luciano, Gustavo Lima, Henrique e Juliano, Jorge e Mateus, entre outros. O musical é uma verdadeira viagem por todas as fases da música sertaneja e pela história do Brasil, mostrando as mudanças que o gênero sofreu, acompanhando a saída do homem do campo para a cidade grande. A estrutura do musical é gigante. São quatro carretas só para transportar cenário e equipamentos, 100 pessoas trabalhando diretamente e mais de 2000 indiretamente durante toda a turnê.

Para o elenco, o musical conta com a grande estrela Michel Teló além do diretor do espetáculo, Gustavo Gasparani que entra no lugar de Claudio Lins, que já está comprometido com outra produção. Lilian Menezes, Alan Rocha, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, José Mauro Brant, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin seguem no projeto.

“Bem Sertanejo – O Musical” traz na assinatura do texto e da direção o nome de Gustavo Gasparani e de profissionais consagrados no ramo, como Gringo Cardia (cenografia), Maneco Quinderé (iluminação), Marcelo Olinto (figurinos), Renato Vieira (coreografias), Marcelo Neves (direção musical), Mauricio Detoni (arranjos e preparação vocal) e André Piunti (pesquisador musical).

O projeto é apresentado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Formação de plateia e inclusão social

Uma das preocupações da equipe do Bem Sertanejo é a formação de plateia, criar um vínculo do público com esse tipo de espetáculo. Para isso, a produção oferece duas atividades em todas as apresentações para o público em geral. A primeira delas é a visita guiada pelos bastidores. O público pode se inscrever para conhecer toda a dinâmica por trás do palco, funcionamento dos equipamentos, do cenário e da movimentação do elenco.

Outra atividade proposta pelo musical é uma palestra após a sessão sobre o processo criativo e a concepção do espetáculo. O bate papo com o público, sempre com um integrante da equipe criativa do musical, acontece na própria plateia e qualquer um pode participar.

Além disso, a produção tem sempre o cuidado de oferecer uma cota de convites para ONGs e projetos de incentivo à inclusão. Em todas as sessões, o musical recebe diversas ONGs que se inscrevem com antecedência, além de oferecer transmissão com legenda, tradução em libras e audiodescrição.

Resumo do roteiro

“Bem Sertanejo – O Musical” conta a trajetória e a formação da música caipira e da cultura interiorana do nosso país de forma poética e não cronológica. A peça propõe uma viagem pelos nossos interiores – memórias, infância, descobertas – resgatando, assim, o sertão que há em cada um de nós, e ao mesmo tempo, um contato direto com as nossas raízes culturais.

Sucesso na TV, nos palcos e no teatro O projeto Bem Sertanejo era um sonho antigo de Michel Teló de contar um pouco da história da música sertaneja. A primeira etapa foi o quadro no programa “Fantástico”, exibido pela TV Globo, em quatro temporadas. Um livro com histórias de bastidores e um DVD com cenas que não foram para o ar também foram lançados. O sucesso do quadro foi para os palcos e Teló criou o “Bem Sertanejo – O Show”, que foi gravado em DVD, e se transformou em uma turnê por todo o Brasil.

E o sonho de Michel Teló também virou um musical. O cantor fez sua estreia como ator, em abril de 2017, com o “Bem Sertanejo – O Musical”, depois de muitos dias e horas de ensaio. O resultado você pode conferir nessa turnê.

“O espetáculo é um projeto totalmente diferenciado, um musical teatral caipira que por onde tem passado, emociona. Ele traz uma memória afetiva do público que não imaginei o quanto era forte”, conta Michel Teló. “Ver a emoção e alegria das pessoas vale toda a dedicação e amor que colocamos nesse projeto. Estou animado demais em voltar nessa terceira temporada. É um dos projetos que tive mais prazer e honra em participar na minha vida. Quem gosta de música sertaneja e caipira tem que assistir”, completa.

Serviço

Bem Sertanejo – O Musical

Datas: 19/04 – 17h e 20h30

20/04 – 17h e 20h30

21/04 – 16h e 19h30

Local: Teatro Riachuelo

Ingressos: A partir de R$ 60,00 na bilheteria do teatro ou pelo site https://uhuu.com

RECOMENDAMOS

OPERAÇÃO EM MINAS

PF prende assessor do ministro do Turismo

NOITE DE FARRA!

Neymar é flagrado aos beijos com outra modelo

PROPOSTAS DE MODERNIZAÇÃO

Fiern participa de seminário sobre Reforma Tributária

IGUALDADE

Fórum cobra antecipação do 13º de 2019 para todos

OUTRA REALIDADE

Diretoria da Caern recebe salários de até R$ 71 mil

TRÁFICO DE DROGAS

Mourão classifica militar preso como 'mula qualificada'

"DEUS FOI GENEROSO COM A GENTE"

Huck mostra como ficou crânio do filho após acidente

BOM PARA TODO MUNDO

Parceria facilita a emissão de novos RG's no RN

comentários