Geral

DA DOR À SOLIDARIEDADE

Após angústia com filha, casal leva conforto para mães com crianças em UTI

Filha do casal passou 213 dias internada após do nascimento

Por Redação

9 de maio de 2019 | 16:19

A analista técnica, Carolina Sales, e o professor universitário, João Paulo Damásio Sales, proporcionaram momentos de alegria e conforto as mães que acompanham seus filhos internados na Unidade de Tratamento de Intensivo (UTI) Pediátrica do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). O casal doou seis kits, contendo: copo, espelho, batom, escova e pasta de dente, caneta, bloquinho de anotações, caneta e um terço.

A ideia da iniciativa surgiu após ambos atravessarem sete meses de muita angústia. Logo após o nascimento da primeira filha, no ano passado, um quadro de saúde fragilizado exigiu a internação do bebê em um leito de Tratamento Intensivo. Foram 213 dias de muitas incertezas. “É muito difícil. Você não sabe se ainda vai ter seu filho amanhã. Mas, depois que minha filha teve alta e pudemos levá-la para casa, eu sabia que tinha de agradecer de alguma forma”, relembra.

Foi então que a analista se juntou a um grupo de amigos e familiares e, unidos, conseguiram doações para compor os 213 kits (um para cada dia em que sua filha esteve internada). A distribuição teve início na segunda quinzena de março, acontecendo em hospitais com leitos de UTI Infantil em Natal, Mossoró e Santa Cruz, até chegar no HMWG na segunda-feira (7).

Durante o período da internação, Carolina também vivenciou a dor e a entrega das outras mães que acompanhavam seus filhos internados na UTI. “A mãe que está acompanhando seu filho em um hospital é muito esquecida. E ela se permite isso. Naquele momento, ela está vivendo para o seu filho e esquece completamente dela”, explica Carolina. E foi a partir dessa observação que Carolina pensou nos itens que compõem os kits. “Cada item tem um significado. Por exemplo: o batom e o espelho é para que ela possa olhar mais um pouco para si, a caneta e bloquinho é para que ela possa escrever, anotar suas reflexões, o terço é para os momentos de fé”, explica.

RECOMENDAMOS

Tragédia

Vítima de acidente fatal era rainha de carnaval

TRAGÉDIA

Mulher morre em acidente no 'Prolongamento da Prudente'

EDUCAÇÃO

UERN abre processo seletivo para contratar professores

FUTEBOL

América empata e segue invicto na Série D

VIOLÊNCIA

Após briga de faca entre alunas, escola convoca reunião

GRANDE NATAL

Prefeito sanciona Lei do Plano de Cargos da Saúde

VIOLÊNCIA

Jovem é encontrado morto com mãos e pés amarrados

ALUNO POR UM DIA

Dorgival realiza sonho, e aula na UFRN termina em forró

comentários