Gente no AR

'HOJE ACREDITO EM MILAGRE'

Após cirurgia no cérebro, Gloria Maria recebe alta e fala sobre estado de saúde: ‘Tumor iria me matar’

De volta às redes sociais, jornalista falou pela primeira vez sobre retirada de um tumor na semana passada, no Rio de Janeiro.

Por Redação

19 de novembro de 2019 | 10:46

Foto: Reprodução/TV Globo

Gloria Maria, apresentadora do Globo Repórter que recentemente passou por uma cirurgia no cérebro e ficou internada em um hospital no Rio de Janeiro, usou seu perfil no Instagram para falar sobre seu estado de saúde pela 1ª vez desde o ocorrido nessa segunda-feira, 18.

Segundo ela, o problema teve início na madrugada de sábado para domingo, em 3 de novembro: “Desmaiei na minha casa, do nada. Bati com a cabeça na quina da mesa de vidro e me machuquei.”

“Fui no hospital costurar e os exames para saber a causa do desmaio demonstraram um tumor no meu cérebro que iria me matar silenciosamente a qualquer momento. O tumor formou um edema em volta dele que inflamou e me fez desmaiar”, continuou Gloria.

A jornalista passou por uma cirurgia que durou cerca de seis horas e, em seguida, foi levada ao centro de tratamento intensivo (CTI) do hospital CopaStar.

Gloria Maria, que é mãe de duas filhas, fez questão de agradecer ao apoio de fãs e ao fato de tudo ter dado certo: “Sobrevivi! Hoje acredito em milagre! Ainda tenho um caminho a percorrer, mas estou inteira!”

Segundo seu médico, Dr. Paulo Niemeyer, Gloria Maria deve voltar ao Globo Repórter dentro de três semanas.

RECOMENDAMOS

PRESIDENTE

Bolsonaro faz procedimento para retirar lesões de pele

MOTORES DO DESENVOLVIMENTO

Gestão da Produção e Petróleo serão debatidos na Fiern

LIMPEZA

Praias do Litoral Sul recebem novas lixeiras

NOVOS SHOWS

Prefeitura anuncia novos shows no Natal em Natal 2019

ECONOMIA

São Gonçalo terá projeto Cidade Empreendedora

NOVAS OCUPAÇÕES

Aumento do trabalho autônomo está relacionado a apps

DINHEIRO EXTRA

Saiba se você terá direito ao saque de R$ 998 no FGTS

RECURSOS

PC entrega à DHPP mais de R$ 180 mil em materiais

comentários