Geral

DE MUDANÇA

Após Justiça decidir por remoção, Prefeitura estuda novo local para feirinha de Pium

Semsur do município trabalha com duas opções de locais para abrigar a feira

Por Heilysmar Lima

7 de março de 2019 | 16:57

Tradicional ponto de parada para quem se desloca para o litoral Sul do estado, a feirinha de Pium, em Parnamirim, terá mudança de local. A realocação em um prazo de 120 dias foi determinada pela Justiça, em uma ação popular movida pelos moradores da região, na Rota do Sol.

 

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos de Parnamirim (Semsur), a administração municipal trabalha com duas possibilidades de novos locais para a comercialização das frutas. O secretário Charles Quadros destacou que ambas as hipóteses ficam a até 300 metros do local atual da feira.

A primeira opção é um terreno às margens da Rota do Sol, cerca de 100 metros depois. O outro local é uma rua, que não é utilizada, a cerca de 300 metros. “A primeira [opção] é um terreno grande que nós estamos vendo a possibilidade de alocar a feira lá, mas isso depende de contratação e negociação com o proprietário e ainda estamos vendo isso com ele. Na impossibilidade, nós deveremos utilizar uma rua que não está sendo utilizada. Nos dois casos, a feirinha vai continuar às margens da Rota do Sol, como é”, explicou o secretário.

Os moradores alegaram que a feira ocasiona prejuízos para a locomoção, segundo o secretário. Ele acrescentou ainda que a Prefeitura de Parnamirim vai cumprir a decisão e que busca soluções para que nenhuma parte fique prejudicada.

“A ideia é que as pessoas não se prejudiquem. Temos a preocupação em cumprir a decisão e também para que ninguém saia prejudicado. Acreditamos que os feirantes não vão se prejudicar, pois estamos procurando um lugar melhor”, declarou.

Quadros reforçou ainda que a feira vai ser mantida no mesmo lado da Rota do Sol. Além disso, ele falou que a estrutura deve ser melhorada com a mudança de local e trazer benefícios aos feirantes, clientes e moradores.

“Estamos nos preparando para deixar estacionamento para que as pessoas possam parar. Hoje, as pessoas param quase na rua. Já que vamos mudar, nós queremos melhorar a estrutura. A gente entende que os feirantes serão beneficiados com as mudanças”, finalizou.

A feirinha de Pium é fonte de sustento para algumas famílias da região. Contudo, o secretário não acredita em impacto econômico com a mudança de local. Para ele, a decisão só deve influenciar no aspecto da tradição do local. “Não há impacto econômico porque a feira vai continuar existindo. Fica mais no aspecto da tradição”, finalizou.

RECOMENDAMOS

SAÍDAS VOLUNTÁRIAS

Bolsa Família: Mais de 11 mil pediram desligamento

RECUSOU

Eleita Miss Bumbum, Pabllo Vittar critica título

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Motoristas adiam para terça-feira decisão sobre greve

TOPO DO PÓDIO

Esgrima: Brasileira leva ouro e faz história no Mundial

NORMAS SANCIONADAS

RN teve quase 100 novas leis no primeiro semestre

RESSOCIALIZAÇÃO E PREVENÇÃO

Presas do João Chaves recebem atendimento médico

INCLUSÃO

Bolsonaro anuncia inclusão de autistas no Censo 2020

RECURSO NEGADO

TRE-RN mantém Lava Jato no RN na Justiça Federal

comentários