Esportes

TRISTEZA NA SELEÇÃO

Após lesão, Andressa Alves diz que está fora do Mundial: ‘É o pior dia para mim’

Anuncio foi feito antes da partida contra a Itália nesta terça-feira

Por Estadão Conteúdo

18 de junho de 2019 | 15:46

Foto: Divulgação/CBF

O desfalque de última hora para a partida decisiva contra a Itália, nesta terça-feira, em Valenciennes, na França, se tornou ainda mais grave. Horas depois de a CBF anunciar que a atacante Andressa Alves havia sentido uma lesão muscular na coxa esquerda, que a tiraria do jogo pela terceira e última rodada do Grupo C do Mundial, a própria jogadora se manifestou e revelou que está fora da competição.

“Difícil escrever qualquer coisa nesse momento, acabei me lesionando ontem (segunda-feira) no treino, uma lesão na coxa e estou fora da Copa do Mundo. Com certeza é o pior dia pra mim dentro do futebol. Eu não consigo acreditar que no meu melhor momento aconteceu isso. Tenho um sentimento de frustração enorme, de raiva”, escreveu Andressa Alves em um post no seu Instagram.

“Hoje (terça-feira) e durante o resto da Copa vou ser mais uma torcedora apaixonada pela seleção, gritando todos os minutos. Temos um grande jogo hoje e confio no nosso time. Tenho certeza que vamos fazer uma grande partida. Torçam pela gente. Deus é bom o tempo todo”, completou a atleta do Barcelona.

Mesmo com Andressa Alves fora de combate, não haverá um corte na seleção brasileira e nem uma convocação de emergência feita pelo técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão. A jogadora seguirá com a equipe até o final da participação no Mundial.

Para a partida contra a Itália, Vadão deverá escalar Ludmilla no ataque. O time já não pode contar com a volante Formiga, de 41 anos, que está suspensa por ter recebido dois cartões amarelos – Andressa jogará no seu lugar.

O Brasil enfrenta nesta terça-feira a Itália, líder do Grupo C, e pode avançar até mesmo com uma derrota, dependendo da combinação de resultados nos outros grupos. No mesmo horário, a Austrália encara a Jamaica, lanterna da chave, e deve confirmar a sua classificação.

Assim, a seleção de Vadão pode ser primeira do grupo se vencer a Itália por dois ou mais gols de diferença e se as australianas não golearem as suas adversárias. Vitória ou empate da seleção brasileira garante a vaga sem necessitar fazer contas. Uma nova derrota, no entanto, levará a classificação para o saldo de gols.

RECOMENDAMOS

PLANO DIRETOR NO AR

Câmara retoma Fórum do Plano Diretor na segunda-feira

PREVISÃO

Lula diz que PT vai polarizar eleições em 2022

PARA A CHINA

Após acordo, melão produzido no RN pode ser exportado

SEGURO RETIRADO

Em dez anos, DPVAT indenizou mais de 391 mil por morte

VERSÃO MAROMBA

Gracyanne e Belo viram personagens de 'Os Simpsons'

FINALISTA

Grupo do RN na final da Olimpíada da Língua Portuguesa

VAGA DE EMPREGO

Realeza procura faxineiro real para ganhar R$ 80 mil

ANÁLISE DE RESÍDUO

Marinha desloca navio de pesquisa para o Nordeste

comentários