Política

"QUESTÃO URGENTE"

Assembleia Legislativa vai debater situação da região salineira do RN

MPF pediu que indústrias desocupem áreas de preservação

Por Redação

12 de fevereiro de 2019 | 09:35

Foto: Divulgação/CIASAL

A produção e extração de sal no Rio Grande do Norte será tema de audiência pública, na próxima quinta-feira (14), às 14h, no auditório da Assembleia Legislativa. Proposto pelo deputado Allyson Bezerra (Solidariedade), o debate tem como objetivo discutir as ações ingressadas pelo Ministério Público Federal (MPF) contra 18 empresas salineiras que atuam na região da Costa Branca potiguar.

“É uma questão urgente a ser discutida, já que a produção de sal é de fundamental importância para a economia do nosso Estado. Nós estamos atentos às ações ingressadas pelo Ministério Público Federal e queremos discutir essas questões para que possamos encontrar soluções”, justifica o parlamentar.

De acordo com o MPF, as empresas mantêm atividades em Áreas de Preservação Permanente (APP), protegidas por lei e cujo uso não pode ser regularizado. O órgão federal oferece um prazo de quatro anos, prorrogável por igual período, para que os proprietários concluam a desocupação e, além disso, requer das salineiras a promoção de algumas compensações.

Foram convidados para a audiência membros do Ministério Público Federal, empresários do setor salineiro e especialistas na área, dentre outras autoridades.

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários