Geral

SAÚDE

Atraso na renovação de convênio do Estado compromete funcionamento do Hospital Varela Santiago

Diretor falou com o Portal No Ar nesta quarta-feira

Por Guilherme Arnaud

26 de junho de 2019 | 13:47

Foto: Alberto Leandro/Portal No Ar

O funcionamento integral do Hospital Infantil Varela Santiago está comprometido. Isso porque o convênio entre o hospital e o Governo do Estado ainda não foi renovado.

Em conversa com o PORTAL NO AR, o diretor da casa de saúde, Paulo Xavier, explicou que o acordo ajuda no custeio do Varela Santiago, com a compra de medicamentos, alimentação parenteral e materiais hospitalares em geral.

De acordo com o diretor, o Varela Santiago é o maior hospital filantrópico do país focado na pediatria e que atende exclusivamente pelo Sistema único de Saúde. O custeio do hospital é financiado pelos repasses do SUS, por ajudas e doações da sociedade e da parceria com o Governo Estadual.

O convênio

“O convênio é de R$ 2,3 milhões, que, divididos por 12 meses, dá cento e poucos mil reais, o que não é nada. É uma esmola”, afirmou Xavier.

Segundo o diretor, “o governo passado dividiu em quatro parcelas de R$ 575 mil. Em 2018, pagou a primeira e a segunda parcela. A governadora pagou a terceira no início do ano, o que possibilitou realizar algumas cirurgias. A quarta, pelo que eu vejo, não quer repassar”.

Além disso, Xavier reclama do atraso para a renovação anual do convênio. Ele apontou que o contrato de renovação do acordo está desde janeiro no gabinete de Cipriano Maia, secretário de Saúde do governo de Fátima Bezerra.

Com o atraso na renovação, o diretor alerta que “as grandes cirurgias serão suspensas. Nós não podemos operar as crianças sem pagar aqueles que fornecem a alimentação parenteral”.

O PORTAL NO AR está em contato com o Governo do Estado para repercutir o assunto.

RECOMENDAMOS

TALENTO DA TERRA

Paraciclista potiguar já competiu em três modalidades

REFORÇO

Governo nomeará 57 agentes penitenciários concursado

VENCEDORA

Professora de Nova Cruz ganha Prêmio Educador Nota 10

SELO ARTE

Lei de Bolsonaro permite que RN venda queijo para fora

BENEFÍCIO

Proposta poderá incluir turismo como direito do idoso

REPRESENTANDO O RN

Mulheres são maioria dos atletas potiguares no Parapan

JUVENTUDE PERDIDA

Gravidez de jovens no Brasil é maior que do continente

PORTAS PARA O FUTURO

Cursos do Senai serão oferecidos na cidade de Goianinha

comentários