Sem categoria 18/04/2019 11:50

Chorando por ti, Argentina

Por François Silvestre

A direita cantou loas, fez festa, soltou balões quando da eleição do Mauricio Macri. Seria o arquétipo do liberalismo para sepultar o populismo econômico e colocar a esquerda no esquecimento. Por aqui, foi a cantilena que se ouviu. Aí vem Bolsonaro, também no mesmo ramerrão. No que deu? Lá pras plagas portenhas saiu tabelamento de preços. Macri copiou Sarney. Não só pelo falso e impossível controle da inflação pro esse método, mas exatamente igual a Sarney para ganhar a próxima eleição. Cadê a eficiência liberal? Na hora do sufoco correm para o mesmo e condenável populismo econômico. Aproveitando as últimas sílabas, o povo argentino tá pagando o mico. Enquanto Macri está “preocupado” com os problemas da Venezuela.

Aqui, começou cedo o desmascaramento. Intervenção, sempre criticada, nos preços da Petrobrás. Liberação de “dotes” para parlamentes, sempre negada, para aprovar a “reforma” da previdência. Criação do bolsa caminhoneiro, com empréstimo em grana, que nunca será honrado, e promessas mirabolantes de afago e “carinho” aos motoristas. Mais um tipo de esmola, conquistada por chantagem, que desmoraliza o discurso liberal. E a inflação despertando. E assim tal Macri, Bolsonaro também quer resolver os problemas da Venezuela.

Vão ambos varrer o quintal alheio, sem cuidarem dos próprios quintais. Que Tal?

François Silvestre

Descrição Atualidades, antiguidades e pouca paciência.

(84) 998 347 751

todos os blogs

mais lidas

Academias de gênero

01/08/2019 07:28

Duas porcarias

05/08/2019 09:06

Mais um salvador de barro

14/08/2019 10:23