Cultura

BATUCADA!

Bloquinho da Catita anima foliões de Natal em prévia do Carnaval neste sábado

A festa será na Av. Rodrigues Alves em frente ao Clube América FC.

Por Redação

7 de fevereiro de 2019 | 12:33

Foto: Reprodução/Divulgação

Neste sábado (9) a Catita vai brincar o pré-carnaval na rua pela primeira vez em ritmo de “Ê saudades…”, com a estreia do“Bloquinho Catita”. O bloco agita o público ao som desse e de outros hits que fizeram sucesso do finalzinho dos anos 90 até a primeira década deste século, interpretadas pelo cantor e compositor Tuca Fernandes e sua banda Jammil, e de parceiros como o compositor Mano Góes. Além de “Ê Saudades”, a moçada vai poder ouvir sucessos do carnaval baiano como “Milla”, “Chuva na Janela” e trabalho solo do artista baiano.

O “Bloquinho Catita” inicia sua batucada partir das 14h. A festa será na Av. Rodrigues Alves em frente ao Clube América FC. Antes do show de Tuca Fernandes, a banda D’Breck, de Olinda, fará o embalo na concentração com sua famosa paradinha. Na sequência, se apresenta a recifense Sambar & Love e encerramento será com show de Tuca Fernandes. O primeiro lote está à venda até dia 30/01. A meia entrada social pode ser adquirida na Bransk do Midway, Catita Praia, app Buraco da Catita, www.buracodacatitanatal.com.br e na plataforma Outgo. Valores: R$ 70,00 (Meia/ Social Primeiro lote até 30/01) e Mesas Avulsas – R$ 60,00. Inf.: 84 99835-1314.

PARADINHA DO D’BRECK E OUTROS MOLEJOS

O Grêmio Recreativo Escola de Samba d’Breck é um grupo carnavalesco formado por ritmistas de samba, surgido em 1999 no carnaval de Olinda-PE e desde então desfila na terça-feira “gorda” pela Rua do Bonfim. O grupo hoje é formado por mais de 100 ritmistas e cerca de 600 acompanhantes efetivos, sem contar a legião de seguidores que o acompanham em todas as suas tocadas. O nome d’Breck é uma corruptela de influência de samba de breque, ou seja, o samba de parada, sendo essa uma das marcas das suas tocadas.

Já o Sambar & Love é um grupo recifense famoso por interpretar sucessos do pagode e samba romântico em versões próprias. O nome é inspirado num bordão do personagem Armando Volta (David Pinheiro) da antiga Escolinha do Professor Raimundo, que dizia “Somebody love”

TUCA FERNANDES

Intérprete, instrumentista e compositor de inúmeros sucessos que marcaram os trios do carnaval baiano, Tuca Fernandes comemorou a marca de 23 carnavais em 2018. O resultado dessa bagagem se reflete em sua atual fase profissional, que caminha para o sétimo ano de carreira solo. Tuca é conhecido pela mistura de ritmos do axé da Bahia ao pop rock. O cantor lançou ano passado o EP “A Favor” , com seis faixas, sendo algumas autorais como “Que Calor” e “Alma Lavada”; essas em parceria com Paulinho Rocha, que também assina a produção musical do disco, além de “Presente de Deus”, de Gabriel Rocha, João Vitor e Rafa Lemos; e “Meu Bem”, “A Favor”, “Salvador DaLiberdade (lançada no final de 2017), todas de Lau Fernandes.

Antes, ainda em 2016, Tuca lançou um CD ao vivo – gravado durante um show em Natal – com o resumo das principais músicas de sua carreira. O carro chefe foi a música “Você Não Sai da Minha Cabeça”. Em 2015, o cantor trabalhou um EP com sete faixas inéditas, que foram sendo divulgadas durante o segundo semestre e o verão de 2016. Tuca Fernandes começou a carreira ainda adolescente, tocando guitarra e gaita de forma autodidata, influenciado por ídolos como Renato Russo e Bono Vox (líder do U2). Com o amigo Beto Espínola, criou a banda de rock Diário Oficial que depois virou Jheremias Não Bate Corner. Dali, nasceu a Jammil e Uma Noites.

RECOMENDAMOS

Chuvas no RN

Operação conjunta socorre população

LOTERIA

Mega-Sena acumula; próximo sorteio será de R$90 milhões

TORÓ

Ponte desaba, carro é arrastado e cidade fica 'isolada'

OBRA DE R$4,1 MILHÕES

Sabe como está reforma do Forte dos Reis Magos? Parada

ROLÉ DIFERENCIADO

Bolsonaro 'escapa' de hotel para dar voltinha de moto

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Veja essas dicas e coma chocolate sem culpa na Páscoa

OPERAÇÃO PELA VIDA

PMs impedem suicídio na Ponte

AUTOMÓVEL

Carros brasileiros ficam mais seguros e mais caros

comentários