Política

Bolsonaro manterá Camargo na Fundação Palmares, se reverter decisão judicial

13 de dezembro de 2019 | 17:28

O presidente da República, Jair Bolsonaro, prometeu nesta sexta-feira (13), reconduzir o jornalista Sérgio Camargo à presidência da Fundação Cultural Palmares, se o governo tiver êxito na tentativa de reverter a decisão judicial que suspendeu o ato de nomeação.

A suspensão foi decidida pelo juiz federal substituto Emanuel José Matias Guerra, da 18ª Vara Federal de Sobral, que argumentou que a nomeação “contraria frontalmente os motivos” que levaram à criação do instituto.

A Advocacia-Geral da União apresentou recurso ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) contra a liminar, mas a Corte manteve a suspensão da nomeação.

Não há ainda informação sobre possível recurso da AGU a tribunais superiores.

Sérgio Camargo foi indicado no rol de mudanças promovidas pelo novo secretário especial da Cultura, Roberto Alvim. Após o anúncio, no entanto, diversas publicações do presidente nas redes sociais levaram a questionamentos sobre sua visão sobre o movimento negro.

Nos posts, Camargo critica a celebração do Dia da Consciência Negra, diz que a escravidão foi “benéfica” e afirma que o Brasil tem um “racismo nutella”.

RECOMENDAMOS

The Untold Story on Assignment Help Academic You Really Need to Read or Be Left Out

The History of Assignment Helper Assignment Refuted

Nurse Suggestions to Look after Individuals

Essay Writer Service - The Best Way to Find the Cheapest

Essay Writer Assistance - How to Find the Cheapest

PORTAL NOAR encerra atividades

Ano começa com chuva em todas as regiões do RN

Sistema de trens de Natal terá novo reajuste de tarifa no domingo

comentários