Brasil e Mundo

EXPECTATIVAS

Brasil pede segurança na volta de Guaidó à Venezuela

Disse que espera que os direitos dele e familiares sejam respeitados

Por Ana Cristina Campos / Da Agência Brasil

3 de março de 2019 | 07:40

Juan Guaidó - presidente autodeclarado da Venezuela. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O governo brasileiro espera que o retorno do autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, a seu país ocorra sem incidentes. Guaidó, que é o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, equivalente ao Congresso Nacional brasileiro, disse que pretende retornar ao país até segunda-feira (4).

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores disse que o Brasil manifesta a expectativa de que os direitos e a segurança de Guaidó, seus parentes e assessores sejam plenamente respeitados.

“O governo brasileiro, ao rechaçar as intimidações e ameaças do regime Maduro contra o presidente encarregado da Venezuela, Juan Guaidó, e sua família, manifesta a expectativa de que sua volta à Venezuela ocorra sem incidentes e que os direitos e segurança do presidente Guaidó, seus familiares e assessores sejam plenamente respeitados por aqueles que ainda controlam o aparato de repressão do regime”, afirmou o Itamaraty.

No Twitter, Guaidó informou que foi recebido hoje (2) pelo presidente do Equador, Lenín Moreno. A reunião, segundo ele, teve como objetivo fortalecer o apoio que tem recebido de países da região.

Guaidó esteve ontem com os presidentes da Argentina, Mauricio Macri, e do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

Na quinta-feira (28), Guaidó esteve em Brasília, onde se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro, ministros e parlamentares, no Congresso Nacional.

RECOMENDAMOS

FACILIDADE

Visto é dispensado para Canadá, EUA, Japão e Austrália

ECONOMIA

Atividade econômica cai 0,41% em janeiro, diz BC

NOITE TRANQUILA

A importância do sono para a perda de peso

DEPOIMENTO

Lula pediu para Dilma beneficiar empresas, diz Palocci

TERROR

Polícia prende suspeito de tiroteio em bonde na Holanda

FORÇA DA NATUREZA

Ciclone atinge a África e deixa mortos em Moçambique

SEM ÁGUA

Caern suspenderá abastecimento em 8 cidades nesta terça

REFORMA EM PAUTA

Sinpef-RN e União dos Policiais discutem Previdência

comentários

ANUNCIE JÁ!

RUA DESEMBARGADOR BENÍCIO FILHO, N° 465 PETRÓPOLIS CEP: 59014-470

PABX:

2020-1200

REDAÇÃO:

2020-1200

COMERCIAL:

2020-1200

FALE CONOSCO

Nome
TELEFONE
E-MAIL