Esportes

COPA AMÉRICA

Brasil terá revanche contra o Paraguai após ser eliminado duas vezes

Partida será quinta-feira (27), na Arena do Grêmio

Por Ciro Campos

25 de junho de 2019 | 06:54

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

As quartas de final da Copa América vão dar ao Brasil a oportunidade de uma revanche dupla. Depois de ser eliminado pelo Paraguai em 2011 e 2015 nessa mesma fase nas cobranças de pênaltis, a equipe do técnico Tite vai enfrentar novamente o adversário nesta quinta-feira, na Arena do Grêmio, para voltar a disputar uma semifinal do torneio depois de 12 anos.

Os paraguaios se classificaram nesta segunda-feira enquanto viam a Copa América pela televisão e torciam pelo resultado favorável O empate em Belo Horizonte por 1 a 1 entre Equador e Japão deu ao time guarani a vaga na próxima fase com uma campanha nada convincente, pois sequer conseguiu vencer. Foram dois empates contra Catar e Argentina e mais uma derrota para a Colômbia, por 1 a 0.

O encontro em Porto Alegre será o 80º da história entre Brasil e Paraguai. Até agora a vantagem é amplamente brasileira, com 47 vitórias, 21 empates e 11 derrotas. De todo esse retrospecto, quatro encontros foram exatamente em Porto Alegre, sempre com triunfos brasileiros: duas ocasiões em amistosos em 1972 e 1987 e pelas Eliminatórias em 2001 e 2005.

A última partida entre as duas seleções foi marcante para o Brasil. Em março de 2017, na Arena Corinthians, a vitória por 3 a 0 com gols de Philippe Coutinho, Neymar e Marcelo, pelas Eliminatórias, veio na noite em que a seleção do técnico Tite conquistou a vaga para a Copa da Rússia. A combinação deste resultado com uma derrota do Uruguai para o Peru garantiram a presença da equipe no Mundial do ano seguinte.

No entanto, quando se trata de Copa América, o Paraguai é um adversário complicado. Em 12 encontros, foram cinco vitórias, brasileiras, duas do Paraguai e outros cinco empates. Mas entre esses encontros com placares iguais, alguns na verdade significaram resultados positivos para o time guarani, como nos dois últimos duelos, nas duas quartas de final de 2011 e 2015.

Em ambas houve empate no tempo normal, mas vitória paraguaia nos pênaltis. O encontro de 2011 ficou marcado pelo Brasil ter errado os quatro pênaltis batidos, com Elano, Thiago Silva, André Santos e Fred. Na última decisão entre ambos, em 2015, o Paraguai venceu por 4 a 3 nas cobranças após os erros Everton Ribeiro e Douglas Costa.

RECOMENDAMOS

NEGÓCIOS

Pequenas empresas potiguares expõem no EEBA 2019

AVISO

Alerta: Ventos de 61 km/h podem atingir litoral do RN

TRÂNSITO

Natal: Faixas e semáforos priorizar pedestres, diz STTU

PRODUTO CONTROLADO

PF prende homem com 147 kg de produto usado em drogas

ALTERAÇÃO

Eduardo anuncia decreto sobre acordos internacionais

REFORMA TRIBUTÁRIA

Só simplificar sistema não resolve carga de impostos

REBANHO POTIGUAR

Vacinação contra brucelose é estendida até o fim do mês

TRATADO

Painelistas debatem sobre Acordo Mercosul-UE

comentários