Esportes

FUTEBOL FEMININO

Câmara de Natal suspende expediente para jogos do Brasil na Copa do Mundo Feminina

Funcionários serão liberados, como ocorreu no torneio masculino

Por Junior Martins/CMN

12 de junho de 2019 | 09:56

Foto: Divulgação/CBF

A Câmara Municipal de Natal decidiu, na sessão ordinária desta terça-feira (11), liberar os funcionários nos horários dos jogo da Seleção Brasileira de Futebol Feminino na Copa do Mundo da FIFA, como fez nas partidas da seleção masculina do Brasil ano passado. A determinação surgiu através da vereadora Divaneide Basílio (PT) que encaminhou um memorando à Mesa Diretora solicitando a suspensão dos trabalhos durante os confrontos, sendo este acatado pelo presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB). Para adaptar a agenda, a sessão ordinária da próxima quinta-feira (13) foi transferida para o turno matutino, haja vista que o jogo será à tarde e todos serão liberados.

“Nosso mandato já havia protocolado um Projeto de Resolução sobre o tema, mas não houve tempo hábil para apreciar a matéria antes do início da competição. Felizmente, reconhecendo a importância da questão, o presidente Paulinho Freire atendeu nossa solicitação e concedeu aos servidores da instituição a possibilidade de assistir as partidas da seleção comandada por Marta, Cristiane e Formiga sem qualquer ônus administrativo ou financeiro para esses trabalhadores e trabalhadoras”, explicou a vereadora Divaneide Basílio.

“Com isso, a Câmara Municipal de Natal entra para a história como o primeiro Poder Legislativo do Rio Grande do Norte a migrar essa tradição de Copa para o futebol feminino. Espero que essa iniciativa gere um ‘efeito-dominó’ positivo, com repartições públicas e empresas apoiando a ideia. Uma medida simbólica, mas que diz muito sobre o tratamento isonômico que devemos dar aos atletas e a população que ama futebol, independente do gênero”, comemorou.

O presidente Paulinho Freire pontuou que a estreia da seleção feminina de futebol registrou índices expressivos de audiência. “A tendência é que mais pessoas assistam e deem suporte para as jogadoras brasileiras. Isso mostra que o torcedor está se conectando com o time”, destacou. “Essa flexibilização de horário sempre é adotada na época dos jogos da Copa do Mundo de futebol masculino. Ora, nada mais justo do que o mesmo acontecer com o futebol feminino daqui pra frente. O parlamento natalense torna-se pioneiro com essa medida. Agora só nos resta torcer para elas trazerem a taça para o Brasil”, completou.

A vereadora Júlia Arruda (PDT) falou que a atitude valoriza o desporto feminino. “A Câmara Municipal marcou um gol de placa hoje. Dito isso, estão de parabéns a vereadora Divaneide Basílio pela ideia, o presidente Paulinho Freire por aprovar e os demais parlamentares pelo apoio. Em tempo: toda ação que promova a igualdade de direitos entre homens e mulheres é bem-vinda”.

RECOMENDAMOS

CAÇADA FATAL

PM persegue carro roubado, troca tiros e suspeito morre

COPA AMÉRICA

Brasil terá revanche contra o Paraguai após eliminações

NÃO ACUMULA

Quina de São João sai para 1,5 mil apostadores

OPERAÇÃO CROUPIER

Nova fase da Dama de Espadas investiga desvio na ALRN

MATA-MATA

América decide vida na Série D nos próximos domingos

INCENTIVO FISCAL

Com redução de imposto, Natal ganhará novos voos

NOVOS MÉDICOS

'Mais Médicos' libera 36 novos profissionais para o RN

MAIOR CALDO

Gabriel Medina tenta subir na onda de Sasha

comentários